O tempo passou, o Coritiba segue com as mesmas dificuldades em campo e a diretoria não apresentou reforços para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro. O atacante Robson, ex-Paraná Clube, já chegou, mas ainda não foi oficializado. Ao que tudo indica, o atleta deve ser a única novidade do Verdão para seguir na luta pelo acesso.

Durante a intertemporada, na parada para a disputa da Copa América, o executivo de futebol Rodrigo Pastana admitiu a limitação financeira do Coxa para buscar novas contratações. O dirigente chegou a destacar ainda a dificuldade no mercado para achar jogadores de qualidade e que se enquadrem na realidade do clube.

+ Leia também: Coxa terá mais desfalques pra encarar o São Bento

Neste período, o clube teve duas baixas no seu elenco. O zagueiro Alan Costa rescindiu seu contrato e o meia Kady foi negociado com o futebol português. No entanto, não vieram substitutos para ambos, especialmente para o defensor, que vinha sendo titular absoluto na temporada.

+ Mais na Tribuna: Coritiba prometeu outra postura, mas comete mesmos erros

Diante do Criciúma, além das velhas e conhecidas deficiências ofensivas, o Coritiba também falhou na defesa. Sofreu demais com as investidas do time catarinense e errou em momentos cruciais da partida, que custaram a derrota de virada e no último lance. Assim, o setor defensivo pode também receber reforços na sequência da temporada.

Na frente, até agora, somente Robson é a novidade. Rodrigo Pastana disse que a contratação do jogador era necessária para reforçar o sistema ofensivo. “As características de velocidade e de último terço são muito boas. É um atleta de muita força, velocidade e finaliza muito bem. As características pesaram para a contratação, que era necessária”, afirmou o dirigente, em entrevista à Rádio Banda B.

+ Confira a classificação completa da Série B

A verdade é que o Coritiba, em si, tem um time capaz de brigar pelo acesso. Falta, talvez, um grupo mais qualificado e peças de reposição a altura para dar mais opções para o técnico Umberto Louzer trabalhar. Enquanto tenta achar soluções financeiras e trazer novos reforços, o time segue patinando na Série B e não dá nenhuma perspectiva de que possa lutar pelo acesso à primeira divisão.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!