O Coritiba voltou a vencer e assumiu provisoriamente a liderança do Campeonato Paranaense. Em jogo pela oitava rodada, na noite desta sexta-feira (21), o Coxa bateu o Cianorte por 2×0, no Couto Pereira, com gols de Rafinha, aos 33, e de Robson, aos 44 do primeiro tempo.

Os tentos saíram de cobranças de faltas de Rafinha. Com o triunfo, Alviverde “dorme” na liderança, com 17 pontos, mas aguarda o jogo do FC Cascavel contra o Toledo, no sábado (22), para saber se continua na posição.

Para o jogo, o técnico Eduardo Barroca promoveu mudanças no time. Com a ausência do volante Renê Júnior, vetado, o volante Matheus Galdezani foi titular, assim como o meia Thiago Lopes, que mais uma começou o jogo, uma vez que Ruy segue no departamento médico. A mudança estratégica do treinador aconteceu na zaga. Sabino, até então titular, deu lugar a Rafael Lima.

Já o lateral-direito Yan Couto começou no banco, mas ainda na primeira etapa fez sua estreia profissional com a camisa do Coritiba. O jovem já está vendido ao Manchester City, da Inglaterra, mas fica no Coritiba até a metade do ano. A outra estreia foi do meia Giovanni Augusto, que entrou no segundo tempo.

+ Confira a tabela e a classificação do Campeonato Paranaense!

O time coxa-branca precisava da vitória, já que vinha de duas derrotas frustrantes: uma pela Copa do Brasil para o Manaus, que causou a eliminação ainda na primeira fase, e outra no Paranaense, para o Cascavel CR. Por isso, começou a partida fazendo pressão no adversário, mas tinha dificuldade de furar a barreira defensiva do Leão do Vale.

A torcida, decepcionada pelos últimos resultados, não estava satisfeita com o desempenho. Aos 17, William Matheus cobrou falta do lado direito, mas chutou mal e a bola não passou da barreira. O próprio lateral ficou com o rebote, porém mais uma vez não foi feliz no lançamento e mandou a bola pela linha de fundo. O jogador ouviu muitas vaias vindas das arquibancadas.

A chuva intensa deixou o jogo ainda mais complicado. Mas, se o duelo não era definido com a bola rolando, a qualidade nas cobranças de falta de Rafinha fizeram a diferença. Aos 33, o camisa 7, que vinha sendo um dos pontos fortes do time pela ponta direita, abriu o placar. Após falta em cima de Matheus Galdezani, do lado esquerdo do ataque coxa branca, Rafinha foi para a cobrança e mandou uma bola com efeito. O goleiro Bruno tirou no ar, mas o bandeirinha assinalou que a bola entrou.

+ Saiba como assistir aos jogos do Paranaense pelo celular, computador ou Smart TV

Aos 44, após mais uma cobrança de falta, Rafinha lançou na área e Robson cabeceou, ampliando. Na segunda etapa, o Coxa chegou com perigo aos 13, com Robson, que recebeu cruzamento de Yan Couto e cabeceou. A bola passou muito perto do lado esquerdo da trave. Aos 25, Rafinha ganhou da marcação, deu uma cavadinha para tirar a bola do goleiro e mandou na trave, por muito pouco não ampliando.

Com a vantagem, o Coritiba passou a valorizar a posse de bola. Apesar de criar outras chances, o time encerrou o jogo com o placar ficou em 2×0.

+ Veja como foi o jogo entre X x X

Ficha técnica

CAMPEONATO PARANAENSE
1ª FASE – 8ª RODADA
21/02/2020
CORITIBA 2×0 CIANORTE

Coritiba

Muralha; Patrick Vieira (Yan Couto), Rhodolfo, Rafael Lima e William Matheus; Matheus Sales, Matheus Gadezani (Matheus Bueno) e Thiago Lopes (Giovanni Augusto); Rafinha, Robson e Sassá.
Técnico: Eduardo Barroca

Cianorte

Bruno; Weriton, Maurício Barbosa, Eduardo Domachowsvick e Júnior Prego; Gercimar, Morelli, Zé Vitor (Fernandinho) e França (Éverton); Buba (Lucão) e Rodrigo Alves.
Técnico: João Burse

Local: Couto Pereira
Árbitro: Leonardo Sígari Zanon
Assistentes: André Luiz Severo e Jonathan Evers Dias
Gols: Rafinha (CFC), aos 33/1º e Robson (CFC) aos 44 do 1º.
Cartões amarelos: William Matheus, Rafinha, Robson (CFC); Buba, Bruno, Eduardo Domachowsvick (CIA).

Público pagante: 6.213
Público total: 6.683
Renda bruta: R$ 134.779,00

Quer assistir aos jogos do Paranaense ao vivo? Assine a DAZN com 30 dias grátis”