O Coritiba estreia na Copa do Brasil 2020 nesta quarta-feira (12), às 22h30, contra o Manaus, na Arena da Amazônia, precisando de um simples empate para avançar para a segunda fase do torneio.

No entanto, o técnico Eduardo Barroca garantiu que o Coxa não vai jogar com o regulamento debaixo do braço e promete um time indo para cima do adversário, para evitar surpresas ao longo dos 90 minutos.

“A gente não pode nem pensar nisso (no empate). A gente só veio para fazer um grande jogo. Se pensar nisso aí, a gente pode ter problema pelo nível do adversário. Se, no final, o empate nos favorecer, ótimo. Mas a gente veio para jogar uma boa partida e buscar a vitória, porque o Coritiba tem trabalhado assim. Não vamos mudar isso”, afirmou o treinador, após o último treinamento da equipe.

Nesta primeira fase da Copa do Brasil, os times que estão melhor posicionados no ranking da CBF jogam por um empate, mas fora de casa. Até aqui, apenas cinco mandantes avançaram na competição: o River-PI, que ganhou do Bahia, o Santo André, que venceu o Criciúma, o Vitória-ES, que superou o CSA, o Bahia de Feira-BA, que eliminou o Luverdense, e o XV de Piracicaba, que bateu o Londrina.

Exemplos para que o Alviverde entre ligado em campo e alcance seus objetivos, que é, no mínimo, chegar às oitavas de final do torneio. O adversário é o atual vice-campeão da Série D e disputará em 2020 a Série C do Campeonato Brasileiro.

“Vai ser um jogo muito difícil, um jogo contra uma equipe muito bem treinada, que vive um momento muito bom e que está jogando em casa. A gente vai precisar jogar o jogo em um nível muito bom para passar de fase. Nesse tipo de competição, a previsão que a gente precisa fazer é ir passo a passo. São jogos eliminatórios, então precisa focar e estar muito bem preparado para cada jogo”, acrescentou Barroca.

+ Mais do Coxa:

+ Coritiba tem mistério no meio-campo pro jogo contra o Manaus
+ Coritiba projeta grana alta com boa participação na Copa do Brasil