O zagueiro Alan Costa, do Coritiba, está disponível no mercado para negociações, já que o Alviverde não tem mais interesse em permanecer com o atleta. O jogador está afastado do elenco, após se recusar a enfrentar o Guarani, na última terça-feira, em Campinas, em duelo válido pela Série B do Campeonato Brasileiro, que terminou com vitória do Coxa por 1×0.

O defensor esteve em campo no revés sofrido pelo Alviverde por 3×2 para o Paraná Clube, jogo que fez a pressão no Alto da Glória chegar a altos níveis, já que o time encerraria o primeiro semestre sem estar no G4. No início da temporada, a meta do clube era figurar na ponta antes da parada do calendário para a realização da Copa América, mas a irregularidade não permitiu que o time despontasse na disputa.

+ Leia mais: Umberto Louzer respira aliviado após vitória do Coritiba na Série B

O afastamento do jogador se deu no início desta semana, quando foi relacionado para seguir com a delegação para Campinas, porém, se recusou a ir com o grupo. O executivo de futebol do Coxa, Rodrigo Pastana, explicou que devido ao ato de indisciplina, o clube não quer mais saber do jogador.

“O atleta se recusou a viajar para a partida de terça-feira, foi desconvocado, será multado e está à disposição no mercado para venda ou empréstimo” disse o dirigente, em entrevista à Tribuna do Paraná. Antes do jogo diante do Bugre, Alan Costa foi titular absoluto no Verdão em 2019, somando 23 partidas e três gols assinalados.

+ Confira a classificação completa da Série B

O defensor está na equipe desde 2018, mas depois de sofrer um ‘elástico’ do atacante Luccas Brasil, do Foz do Iguaçu, no Campeonato Paranaense, ele acabou afastado por meses. Alan Costa voltou a atuar somente na reta final da Série B, mas neste ano era presença certa no time.

Pastana garantiu que não há como voltar atrás em relação à decisão de afastar o jogador. “A decisão já foi informada ao atleta”, arrematou.