A seleção brasileira masculina entrou em quadra logo contra a Espanha em sua estréia nas quartas-de-final da Liga Mundial 2002. Lutando pelo tricampeonato da competição, o técnico Bernardinho descarta o favoritismo dos brasileiros no seu primeiro confronto com a fúria espanhola. “Como as outras sete equipes, a Espanha chegou aqui por méritos próprios e também está na luta pelo título. O Brasil não é favorito a nada”, disse o treinador. O duelo entre Brasil e Espanha, começou às 15h30, no ginásio Geraldão, em Recife (PE), e terá transmissão ao vivo da TV Globo e Sportv.

Após a partida, o levantador Maurício será homenageado pela Confederação Brasileira de Voleibol devido a marca de 500 jogos vestindo a camisa da seleção que o jogador atingirá na quarta-feira, contra a Holanda. (Vôlei Brasil)