Se perdeu espaço e pouco fez até agora desde que chegou ao Atlético, em julho do ano passado, o atacante Ribamar foi decisivo na estreia do Furacão no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Na tarde desta terça-feira (5), na Arena da Baixada, depois de sair perdendo por 2×0 para o Santos, o time atleticano correu atrás do prejuízo e conseguiu a igualdade com gols de Giovanny e Ribamar.

O time atleticano, comandado pelo técnico Evandro Fornari (Tiago Nunes faz um curso na CBF), entrou em campo diante do Santos com jogadores formados na base ou que perderam espaço na equipe principal, do técnico Fernando Diniz, sofreu no primeiro tempo. O Atlético não teve uma boa atuação e saiu logo perdendo para o Santos com dois gols de Diego Cardoso aos 14 e aos 27 da etapa inicial.

O Atlético buscou a reação ainda no primeiro tempo, quando Giovanny, que foi reserva na disputa do Paranaense, recebeu na cara do gol e bateu com categoria na saída do goleiro. No segundo tempo, o Furacão foi logo buscar o empate e conseguiu aos 7 minutos. Ribamar recebeu livre, mandou para as redes e igualou a partida. A partida ficou aberta, mas tanto o time atleticano, quanto o Santos, apesar de criarem chances, não tiveram competência para mudar o placar.

O Atlético empatou com o Santos com Juliano; Diego, Daniel, Weverton e Nicolas; Arthur Sananduva e Gabriel Baralhas (Guilherme Rend); Caprini (Yago), Matheus Anjos (Demethryus) e Giovanny; Ribamar (Alex Sandro, aos 19’ do 2º tempo). O próximo jogo do Furacão pelo Brasileirão de Aspirantes acontece no dia 20 de junho, diante do Avaí, na Ressacada, em Florianópolis.