A vitória do novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), é também, de certa forma, um ‘triunfo’ do presidente do Conselho Administrativo do Atlético, Mario Celso Petraglia. O dirigente em nenhum momento escondeu sua preferência política e, inclusive, usou o Furacão para fazer campanha.

+ Leia também: Pablo vive melhor momento da carreira e desperta interesse de clubes

Nos dois jogos nas vésperas do primeiro e segundo turno, na goleada por 4×0 sobre o América-MG, no dia 6 de outubro, e na vitória por 2×1 sobre o Botafogo, no dia 28, o Rubro-Negro entrou em campo com a cor amarela e até slogan de Bolsonaro, o que gerou uma punição ao clube por parte do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

+ Mais na Tribuna: Torcida Os Fanáticos pede liberação de festa na Arena; Petraglia nega

Além disso, a Arena da Baixada deixou o tradicional vermelho de lado e ficou os últimos dias com as cores verde e amarela. Nas redes sociais, Petraglia também já havia manifestado apoio ao novo presidente do Brasil.

A atitude do mandatário rubro-negro dividiu os torcedores. A grande maioria repudiou o uso do clube para fazer campanha, mesmo entre aqueles que votaram em Bolsonaro. No duelo contra o Botafogo, atleticanos foram barrados de entrar na Arena da Baixada com adesivos do candidato Fernando Haddad, do PT.

+ Saiba mais: Arena receberá o VAR pela primeira vez

Mesmo diante das críticas, Petraglia optou por seguir se manifestando por meio do Furacão. Até quando o clube foi multado, ele reforçou que não iria parar com os “atos políticos de conscientização”. A decisão gerou até uma discussão com o jornalista Juca Kfouri.

Através do seu blog pessoal, Kfouri afirmou que o dirigente atleticano seria um aliado do novo presidente contra a CBF. O mandatário, em seu perfil no Facebook, disparou contra o jornalista.

“Lamentável a nota maldosa no blog do Juca Kfouri sobre nossa participação na campanha do presidente eleito #JB17 visando cargos e intenções de desencontros! Nossa posição e demonstração de apoio pelo projeto vencedor foi com um único objetivo, termos o melhor para o nosso Brasil”, escreveu.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!