Faltando pouco mais de 24 horas para a bola rolar para o primeiro clássico Atletiba da temporada de 2019, ainda não há uma definição sobre a venda de ingressos para a torcida do Coritiba acompanhar a partida válida pela quarta rodada do primeiro turno do Campeonato Paranaense. O Athletico, na verdade, segundo determinação do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PR) tinha até às 12h desta terça-feira para iniciar a comercialização dos bilhetes para a torcida visitante, mas sequer se pronunciou sobre o caso.

De acordo com a determinação do presidente do TJD-PR, Adelson Batista, o Athletico terá que indicar cinco pontos de venda para a comercialização dos ingressos e também realizar a venda via internet para a torcida do Coritiba. No entanto, até o fechamento da reportagem, o Furacão não havia passado nenhuma informação e a assessoria de imprensa do clube não atendeu as ligações da reportagem.

+ Leia mais: Coritiba ganha na Justiça e Atletiba terá duas torcidas

Para o Coritiba, na verdade, a situação ficou um pouco mais cômoda. Isto porque o Athletico, antes da determinação, iria liberar uma carga de pouco mais de 4 mil ingressos mediante pagamento antecipado (cerca de R$ 322 mil). O clube só poderia recuperar o dinheiro dos bilhetes não vendidos às 21h30 desta terça-feira, ou seja, 24 horas antes da partida. Agora, o Furacão, de acordo com o TJD-PR, terá que vender os ingressos para a torcida coxa-branca e ainda determinar um espaço no estádio para os alviverdes.

Segundo Batista, o descumprimento da determinação prevê pena de acordo com o artigo 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que pune o clube que deixa de cumprir decisão da Justiça Desportiva. A multa pode chegar a R$ 100 mil. No entanto, como a partida não aconteceu, pode causar outras sanções ao clube.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Militar para solicitar esclarecimentos sobre o esquema de segurança que será adotado, mas também não obteve retorno. O Ministério Público do Paraná (MP-PR), proponente do projeto-piloto da “torcida humana”, que prevê que somente uma torcida adentre aos estádios, também foi procurado, mas não deu um retorno até o fechamento da reportagem.

+ Confira os jogos e a classificação do Campeonato Paranaense

O que é certo mesmo é que o torcedor do Coritiba que pretende ir à Arena da Baixada está, por ora, de mãos atadas. Estão no aguardo da definição do Athletico para que possam comprar o ingresso e acompanhar, da Arena da Baixada, o maior clássico do futebol paranaense.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!