O técnico Tiago Nunes, do Corinthians, explicou sua saída conturbada do Athletico no programa Bem, Amigos, do SporTV. O treinador deixou o Furacão em novembro do ano passado em desacordo com o presidente Mario Celso Petraglia, pouco tempo depois da conquista da Copa do Brasil. “São duas personalidades duras”, disse ao apresentador Galvão Bueno na última segunda-feira (17).

O comandante, pela primeira vez dando detalhes sobre o assunto desde que deixou o Rubro-Negro, explicou que a forma como as conversas entre ele e o mandatário foram conduzidas acabaram prejudicando o diálogo entre as partes.

“O que eu lamento foi que os interlocutores que construíram a conversa minha com o Petraglia não souberam filtrar as informações. Quando ele fez uma proposta abaixo do que o mercado poderia me oferecer – era um momento em que eu estava muito valorizado – falei que não queria ficar. Eu disse que permaneceria até o fim do ano e ele me disse que não”, detalhou.

Surpreendendo, Nunes contou que, a princípio, sua saída do Athletico não estava direcionada ao Timão. Foram poucos dias até decidir deixar o clube e, foi nesse meio tempo, que a equipe paulista o procurou.

“O clube que eu iria não era o Corinthians. Naqueles três dias (entre a reunião com Petraglia e a decisão de sair), o Corinthians desligou o Fábio (Carille) e vieram pelo meu agente sondar. Gerou toda aquela especulação, chegaram as informações para o presidente Petraglia e direção do Athletico sobre estarmos negociando. Aí eu mesmo não quis mais. Batemos de frente”, falou.

Nunes esclareceu que não havia multa rescisória em seu contrato e nem mesmo na proposta de renovação de dois anos que o clube ofereceu a ele. Mesmo com as divergências, ele acredita que todo o processo foi importante para seu crescimento profissional.

“As coisas não fluíram naquele momento. São duas personalidades duras, mas foi um aprendizado gigantesco”, finalizou.

+ Mais do Furacão:

+ Santos passa por cirurgia e desfalca o Athletico no início da Libertadores
+ Paulo André ressalta projeto do Athletico e garante que clube não fará loucuras
+ Athletico vai com o time principal contra o Cascavel CR