Na mira do Corinthians e com proposta de renovação de contrato por parte do Athletico, o atacante Rony não viajou para a Argentina para os amistosos de pré-temporada contra Racing e Boca Juniors.

Um dos destaques do Furacão em 2019, Rony tem contrato até julho de 2021. A diretoria atleticana pretende estender o vínculo por pelo menos mais dois anos, mas as tratativas se arrastam desde dezembro do ano passado sem um desfecho.

Ao mesmo tempo, Rony virou objeto de desejo do técnico Tiago Nunes, ex-Athletico, no Corinthians. Diante da indefinição quanto ao futuro do velocista, diretoria e comissão técnica rubro-negras optaram por não relacioná-lo para os duelos na Argentina.

Apesar do interesse corintiano, os valores exigidos pelo Furacão esfriam um possível acordo imediato. O Athletico estipula 12 milhões de euros (R$ 55,2 milhões) para liberar o jogador para clubes brasileiros.

Recentemente, o clube paulista desistiu da contratação de Michael, então no Goiás, justamente pelos valores pedidos pelo clube goiano. O Corinthians teve recusada uma proposta de 5 milhões de euros (R$ 22,2 milhões), mais a inclusão de jogadores, por 50% dos direitos da revelação do Brasileirão do ano passado.

O jogador de 23 anos acabou fechando com o Flamengo, que desembolsou 7,5 milhões de euros por 80% dos direitos do atacante.

Na cidade de San Juan, interior do país vizinho, o Athletico comandado pelo técnico Dorival Júnior encara o Racing, quarta-feira (15), às 22h, e o Boca Júniors, domingo (19), também às 22h. Os jogos terão transmissão na televisão, no canal TNT. Também participam do torneio de verão os argentinos San Lorezno, Huracan e Talleres, além do peruano Universitario.

+ Mais do Furacão:

+ Athletico vai transmitir jogos do Paranaense em seus canais oficiais
+ Athletico recebe proposta maior do Benfica por Bruno Guimarães
+ Jogos do Athletico contra Racing e Boca terão transmissão na TV