A provável venda do volante Bruno Guimarães, do Athletico para o Atlético de Madrid, da Espanha, entrará nas dez maiores vendas do futebol brasileiro. A negociação gira em torno de 30 milhões de euros (R$ 139,4 milhões, na cotação atual). Caso se confirme, a transação do meio-campista passará a de Gabigol para a Internazionale, da Itália, e será a décima entre os top-10. O atual atacante do Flamengo foi vendido ao time italiano por 29,5 milhões de euros.

A conversa entre os clubes está avançada e o jogador de 22 anos deve desembarcar na capital espanhola em janeiro. O advogado do Furacão, Rodrigo Gama, esteve na cidade na semana passada para acertar os detalhes do contrato. Um dos empresários do volante, Alexis Malavolta, chegou a Madri na terça-feira (19).

A reportagem apurou que o contrato terá aditivos de metas estabelecidas ao atleta, que envolvem minutagem em campo, títulos, convocações para a seleção brasileira, entre outras variáveis, que podem aumentar a quantia recebida pelo jogador e Furacão. Além disso, a prioridade de compra do Atlético de Madrid, negociada na venda do lateral-esquerdo Renan Lodi, em julho deste ano, também tem um custo, de valor não revelado. Especula-se que seja de 4 milhões de euros.

Dessa forma, caso esses objetivos sejam alcançados, a venda de Bruno Guimarães ainda pode alcançar mais quatro jogadores no futuro: Denílson, Oscar, Gabriel Jesus e Lucas Paquetá, esse último vendido por 35 milhões de euros e mais 10 milhões em bônus se atingidos. Assim, o volante rubro-negro tem possibilidade de pular para a sexta maior transferência do futebol brasileiro.

+ Confira a classificação completa da Série B!

A soma da preferência de compra e os possíveis bônus por desempenho foram a estratégia utilizada pelo presidente do Conselho Deliberativo, Mario Celso Petraglia, para minimizar a venda do jogador por valor abaixo da multa rescisória, de 40 milhões de euros. Vale lembrar que Shanghai Shenhua, da China, propôs pagar esse valor, mas o atleta não se interessou na transferência.

Confira os top-10 jogadores mais caro no Brasil:

1- Neymar (88,4 mi de euros, Santos ao Barcelona)
2- Rodrygo (45 mi de euros, Santos ao Real Madrid)
3- Vinicius Júnior (45 mi de euros, Flamengo ao Real Madrid)
4- Lucas Moura (43 mi de euros, São Paulo ao PSG)
5- Arthur (40 mi de euros, Grêmio ao Barcelona)
6- Lucas Paquetá (35 mi de euros, Flamengo ao Milan)
7- Gabriel Jesus (32,7 mi de euros, Palmeiras ao Manchester City)
8- Oscar (31,9 mi de euros, Internacional ao Chelsea)
9- Denílson (31,5 mi de euros, São Paulo ao Betis)
10- Gabigol (29,5 mi de euros, Santos à Inter de Milão)