Em um jogo repleto de viradas, o Athletico perdeu para o Peñarol por 3×2, no Campeón del Siglo, no Uruguai, e perdeu a liderança do Grupo C da fase de grupos da Copa Libertadores 2020.

Nesta terça-feira (20), o Furacão saiu atrás no placar, reverteu a situação ainda na primeira etapa, mas sofreu o revés. Porém, com a vitória do Jorge Wilstermann sobre o Colo-Colo, o Rubro-Negro acabou na segunda colocação do Grupo C, com dez pontos.

O próximo compromisso do Rubro-Negro será no Campeonato Brasileiro, diante do Grêmio, no domingo (25), pela 18ª rodada. Na Libertadores, o time conhecerá seu adversário nas oitavas de final na sexta-feira (23), quando será realizado o sorteio dos confrontos.

+ Confira como foi o jogo no Tempo Real!

O Athletico foi a campo com muitos desfalques. Além de sete jogadores poupados, o time não pôde contar com o atacante Renato Kayzer, que não está inscrito na competição, e Lucas Halter e Walter, diagnosticados com coronavírus em teste realizado já no Uruguai.

Assim que o árbitro apitou o início da partida, o Furacão levou um susto. Logo após a primeira jogada de ataque dos donos da casa, um escanteio a favor dos Carboneros, que originou em gol de Formiliano aproveitar a sobra na área. Isso com três minutos de jogo.

O Athletico sofria muito para se defender ao longo de quase toda a primeira etapa, mas conseguiu chegar ao empate em boa jogada. Aos 36, Nikão passou para Lucho González, que, dentro da área, deixou tudo igual.

Lucho González marcou um dos gols do Athletico no Uruguai. Foto: Divulgação/Conmebol

Aos 45 ainda veio a virada. Após a defesa afastar mal, Richard, de fora da área, manda um chute forte, sem chances para o goleiro Dawson.

No início da segunda etapa, o Rubro-Negro mostrou mais domínio de jogo e passou a controlar mais a partida. Porém, não segurou o adversário e sofreu o empate aos 19.

Após cobrança de escanteio, a bola desviou na cabeça de Formiliano e sobrou para Kagelmacher, na pequena área, deixar o marcador igualado.

+ Confira a classificação completa da Libertadores!

Aos 35, outra reviravolta no jogo. Giovanni González lançou na área, “na medida” para Britos, que subiu e cabeceou para sacramentar a vitória do time uruguaio, que terminou em terceiro no grupo e vai disputar a Copa Sul-Americana.

Ficha técnica

LIBERTADORES
Grupo C – 6ª rodada
20/10/2020

PEÑAROL 3×2 ATHLETICO

Peñarol
Dawson; González, Formiliano, Kagelmacher e Piquerez; Gargano (Cristian Rodríguez), Trindade, Urretaviscaya (Vadócz) e Torres; Terans e Martínez (Matías Britos).
Técnico: Mario Saralegui

Athletico
Santos; Zé Ivaldo, Felipe Aguilar e Jaime Alvarado; Khellven, Richard, Erick e Fabinho (Geuvânio); Lucho González (Ravanelli), Guilherme Bissoli (Bruno Leite) e Nikão (Carlos Eduardo).
Técnico: Eduardo Barros

Local: Campeón del Siglo (Montevideu-URU)
Árbitro: Jose Mendez (Fifa-PAR)
Assistentes: Milciades Saldivar (Fifa-PAR) e Eduardo Cardozo (Fifa-PAR)
Gols: Formiliano, 3, Lucho González, 36, e Richard 45 do 1º, Kagelmacher, 19, e Matías Britos, 36 do 2º
Cartões amarelos: Martínez (PEN); Ravanelli (CAP)

+ Mais do Furacão:

+ Ícone do Athletico, Bolinha se aposenta após 27 anos no clube


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?