Objetivo de Paulo Autuori é dar tranquilidade aos jogadores nas tomadas de decisão. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

Paulo Autuori quer blindar o elenco do Athletico para sair da crise. Na última quarta-feira (28), o Furacão perdeu por 1×0 para o Flamengo, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, na Arena da Baixada, chegando à marca de nove jogos sem vitórias na temporada. No Brasileirão, a equipe ocupa a 18ª colocação, com 16 pontos, na zona de rebaixamento.

“Quero trazer para mim a responsabilidade para que os jogadores tenham mais tranquilidade. Quando os níveis de ansiedade estão altos, isso influencia na tomada de decisão e finalização”, afirmou o treinador, que fica no cargo até o fim da temporada. Depois, o carioca de 64 anos vai exercer a função de diretor técnico.

Sem Autuori no banco de reservas, suspenso no Brasileirão, o Furacão começa uma dura sequência neste domingo (1º), ao visitar o Sport. Depois, na quarta-feira (4), reencontra o Flamengo, no Maracanã, na decisão da vaga às quartas de final.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Em seguida, três compromissos pela Série A (Fortaleza, Goiás e Santos) antes de encarar o River Plate nas oitavas de final da Libertadores.

“Temos jogadores com qualidade suficiente, que vão entender que o treinador vai chamar a responsabilidade. Isso vai dar tranquilidade a eles para saímos dessa situação o mais rápido possível”, arrematou Autuori.

+ Mais do Furacão:

+ Petraglia troca presidência do Athletico por cargo remunerado
+ Geração de técnicos que pintou como solução sofre para se estabelecer


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?