O pai do atacante Marco Ruben, do Athletico, Alejandro Marcelo Ruben, faleceu nesta sexta-feira (4), na Argentina, vítima de câncer na garganta. Ele já vinha sofrendo com isto há algum tempo, tanto que o jogador tinha sido liberado essa semana para ir para casa e sequer treinou na última quinta-feira (3) e nem estará com o elenco para o duelo do Furacão com o Bahia, neste sábado (5), em Salvador.

Alejandro já estava com problemas de saúde e no início do mês passado havia passado por uma séria cirurgia, justamente no dia em que o Rubro-Negro bateu o Grêmio por 2×0 na semifinal da Copa do Brasil, em 4 de setembro. Na ocasião, Marco Ruben marcou o segundo gol atleticano e converteu o último pênalti da equipe.

Este já é o segundo drama familiar do atacante. Em 2017, ele perdeu o avô, Fermín Rodriguez, a quem ele tinha como uma espécie de segundo pai, que foi assaltado e agredido e não resistiu aos ferimentos.

Nas redes sociais, o Rubro-Negro e o Rosario Central, ex-clube do artilheiro, lamentaram a perda.

Leia mais:

+ Nikão visita torcedor que perdeu a mão