O volante Camacho não vestirá a camisa do Athletico em 2020. Apesar de o próprio jogador ter revelado que haveria uma possibilidade de ficar, na última segunda-feira (9) ele revelou que voltará ao Timão a pedido da comissão técnica, que é comandada por Tiago Nunes, seu ex-treinador no Furacão.

“Felicidade enorme em retornar ao Corinthians, clube que fui campeão brasileiro e paulista. Muito honrado também em saber que foi um pedido da diretoria e da comissão técnica, sinal de reconhecimento. Aproveito para agradecer ao Athletico pelos ótimos momentos vividos, lá tive a oportunidade de desfrutar momentos inéditos na história do clube. Alô, Fiel, estou de volta ! Se Deus quiser 2020 vai ser um grande ano”, escreveu o atleta em sua conta pessoal no Instagram.

No último domingo (8), após o empate em 0x0 do Rubro-Negro com o Avaí, em Florianópolis, Camacho disse que o diretor de futebol atleticano Paulo André iria a São Paulo para tentar a negociação do empréstimo. No entanto, as conversas não avançaram.

Além disso, o time atleticano prometeu pagar uma indenização aos paulistas por conta do doping do jogador, mas não fez a transferência.

Camacho chegou por empréstimo ao Athletico em 2018. Com 29 jogos realizados, foi uma boa peça de reposição e ajudou o time na campanha da sétima posição no Brasileirão e na conquista da taça da Sul-Americana. Com isso, o empréstimo junto ao Timão foi renovado por mais uma temporada. O volante começou a temporada 2019 como titular, porém, passou por seu pior momento após o caso de doping. O jogador ficou impedido de jogar por seis meses.

Depois de ser liberado, voltou a atuar nesta reta final de Campeonato Brasileiro e já havia sinalizado seu desejo de ficar no Furacão. No entanto, Tiago Nunes, agora treinador do Corinthians, já tinha dito que queria contar com o atleta em seu grupo para 2020.

Pedro Henrique se despede

Outro emprestado pelo Corinthians, o zagueiro Pedro Henrique, porém, falou em tom de despedida. Assim como Camacho, seu empréstimo termina no fim da temporada e ele também é um nome que Tiago Nunes quer contar para o próximo ano.

“Feliz em voltar para onde me criei, para dar meu melhor, assim como foi aqui. Mas quero deixar meu agradecimento a todos do Athletico e para a torcida, que sempre me apoiou quando cheguei aqui. Vou torcer pelo clube para o resto da minha vida”, disse Pedro Henrique após o empate com o Avaí.