A esposa do volante Bruno Henrique, do Palmeiras, foi agredida por torcedores do clube paulista, na noite do último domingo, após o empate em 1×1 com o Athletico, na Arena da Baixada. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do jogador.

+ Leia mais: Jogadores do Athletico lamentam empate com o Palmeiras

Bhel Dietrich foi reconhecida por torcedores do Porco e xingada na saída do estádio do Furacão. A esposa do capitão palmeirense estava acompanhada de uma criança e um idoso. Eles precisaram ser escoltados pela Polícia Militar. Não é a primeira vez que Bhel é alvo de torcedores do Palmeiras.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Após a derrota pro Flamengo por 3×0, um torcedor cobrou Bruno Henrique e sua esposa na rua. Um vídeo com a cobrança foi divulgado nas redes sociais e viralizou (confira abaixo). O capitão do Porco também sofreu com outra agressão dias depois após este fato. Integrantes de uma torcida do Porco deram um tapa no carro do atleta durante um protesto na Academia de Futebol.