O Athletico segue vivendo uma verdadeira gangorra no Campeonato Brasileiro. Sem conseguir ter uma sequência positiva, o Furacão voltou a oscilar e, em um jogo de muitos erros defensivos, perdeu para o time reserva do Grêmio por 2×1, na tarde deste sábado (24), em Porto Alegre e a chance de encostar no G6 da competição nacional. O Furacão até teve mais posse de bola e saiu de campo lamentando muito o revés e os erros defensivos cometidos diante do tricolor gaúcho.

“Acabou o primeiro tempo e a gente estava em cima do Grêmio. Estávamos melhor no jogo, com mais posse de bola, rodando o jogo. Acontece, foi uma desatenção, um vacilo e acabou tomando o gol infelizmente. A gente buscou, lutou, tentou e infelizmente não conseguimos”, lamentou o volante Wellington.

+ Leia mais: Athletico perde pro Grêmio e se distancia do pelotão de frente do Brasileirão

O atacante Rony, depois de uma jornada ruim diante do São Paulo, no meio de semana, foi o melhor jogador do Athletico diante do Grêmio. O camisa 7 ainda marcou um golaço, mas que não foi suficiente para evitar a derrota para o tricolor gaúcho. O atacante rubro-negro lamentou o segundo gol sofrido somente quatro minutos depois de conseguir o empate no começo da etapa final.

“É difícil até de falar, né? A gente estava bem na partida. O segundo tempo foi intenso, conseguimos buscar o empate, mas infelizmente depois disso a gente tomou o segundo gol. É difícil para a gente. Não esperávamos tomar o segundo gol tão rápido. Agora é pensar no próximo jogo contra o Ceará, porque é importante voltar a somar pontos”, emendou Rony.

+ Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

O camisa 7 atleticano, bastante criticado no duelo contra o São Paulo por ter errado no gol que deu a vitória ao adversário no meio de semana, na Arena da Baixada, comemorou o gol e a boa partida realizada diante do Grêmio. O jogador, que já tinha desabafado nas redes sociais, espera agora manter o bom nível de atuação para ajudar o Furacão na sequência da temporada.

“Nada como um jogo após o outro. Contra o São Paulo não fui tão bem como eu esperava. Como falei na publicação, ninguém é de ferro. Somos seres humanos, erramos e nem sempre a gente acerta. Graças a Deus hoje (ontem) tive a chance de fazer o gol e provar que não entrou ali querendo errar. Todos erramos, mas isso faz parte do futebol. Nem sempre vamos acertar. Tivemos a oportunidade de acertar, saio feliz com meu desempenho em campo e é continuar assim, com muito foco no trabalho”, arrematou Rony.