A finalíssima do Campeonato Paranaense entre Athletico e Toledo, neste domingo (21), às 16h, na Arena da Baixada, terá um duelo em particular. O goleiro André Luiz, destaque da conquista do Porco da Taça Barcímio Sicupira diante do Coritiba, em pleno Couto Pereira, se não for vazado nesta partida de volta, no Joaquim Américo, garantirá o título estadual. Mas do outro lado tem nada menos do que o atacante Bergson, vice-artilheiro do torneio e que vai entrar com fome de gol para terminar como maior goleador da competição.

+ Leia mais: Furacão aposta no mistério pra tentar surpreender Toledo

No duelo de ida, nas poucas vezes em que foi exigido, o goleiro André Luiz deu conta do recado e ajudou o Toledo a vencer a primeira partida da final no Estádio 14 de Dezembro por 1×0. Não a toa, o arqueiro, marcado por sua estatura menor para a sua posição, mas que se agiganta na frente dos adversários, deve ter a chance de jogar a Série B pelo Operário depois do Estadual. O Porco, dentro dos seus domínios, já impôs uma retranca ao Athletico e esse cenário deve se repetir no duelo decisivo deste domingo, dentro do caldeirão.

+ Veja ainda: Trio de aspirantes é emprestado ao Juventude

O Toledo, na verdade, vem para a decisão calejado depois de, na estreia do segundo turno do Paranaense, ter tomado 8×2 do Athletico. O goleiro André Luiz, que uma semana antes foi o heroi do título do primeiro turno, viveu uma das piores tardes da sua vida. Agora, a missão do arqueiro do Porco é parar o Furacão que vem de bons resultados conquistados dentro da Arena da Baixada.

+ Também na Tribuna: Trio de aspirantes do Furacão vai defender o Juventude

Do lado do Athletico, o atacante Bergson é a principal esperança de gols do Athletico para conseguir o título do Campeonato Paranaense. Vice-artilheiro do Estadual com seis gols, o camisa 9 do Furacão vai entrar em campo na decisão diante do Porco com dois objetivos. O primeiro é de ajudar o time rubro-negro a garantir o bicampeonato e o outro é passar o atacante Rodrigão, do Coritiba, que tem um gol a mais na tabela da artilharia do torneio.

+ Confira os números do Campeonato Paranaense

Bergson, no entanto, não deverá ter vida fácil diante do Toledo. O centroavante atleticano, que teve muitas dificuldades na partida de ida da final, no interior do Estado, por conta da retranca imposta pelo Porco, deve mais uma vez encontrar um adversário atuando mais na defesa e deixando poucos espaços.

É aí que o torcedor do Athletico espera que o centroavante possa se sobressair. Bergson também tem a chance de usar o último jogo do Campeonato Paranaense para convencer a diretoria que pode permanecer no clube. Outros clubes estão interessados no jogador e a tendência é de que o centroavante seja negociado depois da disputa do Estadual.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!