Com um certo mistério, o Athletico está praticamente pronto para o duelo de ida da semifinal da Copa do Brasil diante do Grêmio, nesta quarta-feira (14), às 21h30, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O técnico Tiago Nunes mantém uma dúvida no time, que vai tentar conquistar um bom resultado neste primeiro jogo decisivo diante do tricolor gaúcho.

O ponto de interrogação está no setor ofensivo, com Nikão, Marcelo Cirino e Bruno Nazário disputando a titularidade no Furacão. Na decisão no Japão, diante do Shonan Bellmare, Nikão foi preterido e ficou no banco de reservas.

+ Leia também: Furacão vê na Copa do Brasil chance de ganhar mais dinheiro

No entanto, a tendência é de que o camisa 11 volte à equipe diante do Grêmio. Resta saber quem vai perder a posição. Bruno Nazário deve ficar como opção para o decorrer da partida, especialmente porque Marcelo Cirino teve uma participação regular na decisão da Levain Cup.

Depois de ser reserva no Japão, Nikão pode recuperar a posição de titular. Foto: Felipe Rosa
Depois de ser reserva no Japão, Nikão pode recuperar a posição de titular. Foto: Felipe Rosa

Assim, Nikão, acostumado a jogar pelos lados do campo, deve atuar de novo mais centralizado. Com isso, o trio ofensivo terá Marcelo Cirino de um lado, Rony do outro e Marco Ruben como o homem de referência na frente. O argentino, apesar de não estar em boa fase, segue sendo a esperança de gols do Rubro-Negro.

+ Mais na Tribuna: Athletico é julgado na Conmebol, mas resultado não sai

Em relação ao duelo contra o Shonan Bellmare, na semana passada, o Athletico terá outra mudança. O zagueiro Pedro Henrique, por já ter atuado na Copa do Brasil pelo Corinthians, está fora da partida. Desta forma, Lucas Halter deve ser confirmado para atuar ao lado de Léo Pereira.

O provável Furacão para enfrentar o Grêmio deve ter Santos; Jonathan, Lucas Halter, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Nikão (Bruno Nazário); Marcelo Cirino, Rony e Marco Ruben.