A 15ª Vara Cível de Curitiba negou nesta terça-feira (18) o pedido da Globo para impedir que o Athletico transmita suas partidas como mandante no Brasileirão na plataforma Furacão Play.

A emissora vai entrar com recurso na quarta-feira (19), data do jogo contra o Palmeiras, às 19h30, na Arena da Baixada, e ainda tem chance de evitar a exibição no streaming atleticano.

A decisão pode novamente cair nas mãos do desembargador Abraham Lincoln Calixto, o mesmo que aceitou o argumento da Globo no processo envolvendo uma associação de torcedores do Athletico, às vésperas da partida diante do Goiás, na semana passada.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

No entanto, o clube conseguiu autorização judicial para transmitir a partida. O sinal verde foi dado apenas 25 minutos antes do apito inicial.

O Rubro-Negro é o único time da Série A que não negociou os direitos de pay-per-view (PPV) com a Globo, dona do canal Premiere. A partir da edição da MP 984, que concede aos clubes mandantes o direitos de decidir sobre as transmissões de um evento esportivo, o Rubro-Negro pretende exibir seus 19 jogos em casa na competição até a validade da MP.

+ Mais do Furacão:

+ Athletico pode reforçar o meio-campo contra o Palmeiras
+ Athletico lança campanha para ajudar ex-jogador em cirurgia
+ Khellven pode trocar o Athletico pelo Granada, segundo imprensa espanhola