O Athletico perde dinheiro jogando o Campeonato Paranaense. É o que mostra a análise das rendas dos jogos em casa do Furacão nesta temporada. O clube gasta em média R$ 114 mil por jogo apenas para abrir a Arena da Baixada no Estadual. Valores que deixam o atual campeão regional com o maior prejuízo do torneio, segundo o borderô da Federação Paranaense de Futebol (FPF).

+ Jogo: Confira a provável escalação do Furacão pra encarar o Toledo

Nos três jogos que fez no Joaquim Américo, o Rubro-Negro teve que tirar dinheiro dos cofres pra bancar a logística das partidas. O clube ficou no negativo contra Cascavel CR, Coritiba e Cianorte. No total, o clube acumula uma renda líquida negativa de R$ 192.450,15 no Paranaense, cerca de menos R$ 64.150 mil por jogo.

+ Reforço: Abner é novidade no Furacão

Há toda uma série de gastos obrigatórios para um clube quando atua dentro de casa – como se diz, apenas para abrir o estádio. No caso do Athletico, o principal custo é a remuneração de seguranças, funcionários e demais profissionais que trabalham na partida, gerando um custo médio de R$ 50 mil. A FPF também recebe taxa de 10% sobre a renda bruta de cada duelo (média de R$ 13 mil por jogo do Furacão). A equipe de arbitragem embolsa outros R$ 4,2 mil e as demais despesas são com INSS, seguro de público pagante, e exame antidoping.

+ Começa hoje: Taça Dirceu Krüger promete maior equilíbrio

Para que o Furacão tenha lucro com os jogos, seria preciso um público maior nas partidas – afinal, não é possível diminuir custos obrigatórios. E o prejuízo fica totalmente ligado à falta de arrecadação. Por conta dos sócios, a média de ingressos vendidos é de apenas 736 por jogo no Estadual. Já a bilheteria que vem dos sócios-torcedores tem um valor fixo estipulado de R$ 20 para cada associado presente no jogo.  Porém, o valor é contabilizado apenas na renda bruta para cálculos de impostos e demais taxas. Não entra na conta da renda líquida, já que o dinheiro dos sócios é arrecadado mensalmente e não nos dias dos jogos.

+ Confira a tabela completa do Campeonato Paranaense!

Com o baixo apelo do torneio, os públicos também são modestos, mesmo contabilizando a presença dos sócios. O clássico Atletiba registrou a maior assistência atleticana, com 8.891 pagantes. Neste domingo (10), a Arena volta a ser utilizada, na estreia do Athletico na Taça Dirceu Krüger, às 16h, contra o Toledo.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!