Sem pensar em jogar em um ritmo mais tranquilo depois de aplicar duas goleadas consecutivas, o Athletico vai encarar o Operário brigando para se manter no topo da tabela. Com seis pontos, o Furacão é o líder do grupo A e mais uma vitória deixa o time perto da semifinal da segunda fase do Campeonato Paranaense. Com mais quatro pontos nos três jogos que restam, o Rubro-Negro se garante na semifinal. O duelo diante do Operário acontece nesta quarta-feira (20), às 21h30, na Arena da Baixada e é válido pela terceira rodada da Taça Dirceu Krüger.

O confronto tem ares de decisão, já que o Fantasma é o segundo colocado no grupo, com quatro pontos, e quer brigar para novamente avançar de fase, assim como no primeiro turno. Na ocasião, o Fantasma perdeu a vaga na final para o Toledo, nos pênaltis.

+ Ingressos: Procon espera posicionamento da diretoria do Athletico

O time rubro-negro foi muito questionado na primeira metade do Estadual pelo fraco desempenho, apresentando um rendimento bem abaixo do esperado. O time terminou a disputa em quinto lugar. Porém, deu a volta por cima, e nos dois primeiros jogos da nova fase, aplicou sonoras goleadas: 8×2 em cima do Toledo e 4×0 no Maringá, o que credenciou a equipe a ser considerada uma das favoritas ao título.

Porém, os bons resultados não garantiram tranquilidade para o elenco de acordo com o técnico Rafael Guanaes. O comandante afirmou que todo o grupo vai trabalhar sem descanso até a confirmação da vaga entre os finalistas. “Enquanto a gente não terminar o turno e não estiver entre os classificados, não vai haver tranquilidade”, garantiu.

+ Eleição: Ninguém se candidatou ainda à presidência da FPF

Para enfrentar o Fantasma, o treinador deve promover apenas uma mudança no time. A alteração deve ocorrer no setor defensivo, com a entrada de Paulo André no lugar de José Ivaldo. Os dois atletas, que são do time principal e estão reforçando a equipe de aspirantes, estão se revezando na posição. No primeiro jogo da segunda fase Paulo André foi o titular, enquanto na segunda partida José Ivaldo foi o escolhido. Lucas Halter e Eder, os outros zagueiros utilizados do 3-5-2 atleticanos, podem ser sacados da equipe caso Guanaes mantenha os dois veteranos.

Bergson foi poupado no último treino, mas deve jogar. Foto: Albari Rosa
Bergson foi poupado no último treino, mas deve jogar. Foto: Albari Rosa

Bergson, artilheiro do Paranaense com cinco gols marcados até aqui na competição, não participou da primeira parte do último treinamento do Furacão antes do jogo. Porém, em uma rápida conversa com os jornalistas, Guanaes deu a entender que não há preocupação em relação ao jogador e revelou que o atleta estava fazendo trabalhos específicos, já que sentiu desgaste devido às últimas partidas. Se Bergson não tiver condições, a opção no ataque deve ser Gabrel Poveda.

+ Confira a classificação completa e a tabela da Taça Dirceu Krüger

Na sequência após o duelo contra o Operário, o Athletico recebe o Foz no sábado (23), também na Arena da Baixada. A série caseira pode ser muito produtiva para sacramentar a classificação do Rubro-Negro à semifinal do turno. “Sobre os dois jogos em casa, é o momento de a gente conseguir tirar proveito, sabendo que serão jogos difíceis e cada jogo é uma história”, finalizou Guanaes.

Ficha técnica

CAMPEONATO PARANAENSE
Taça Dirceu Krüger – 3ª Rodada

Athletico x Operário

Athletico
Léo; Lucas Halter, Paulo André (José Ivaldo) e Eder; Khellven, Erick, Cristian, Marquinho e Vitinho; Jáderson e Bergson (Gabriel Poveda).
Técnico: Rafael Guanaes

Operário
Simão; Pedrinho, Alisson, Juan Sosa e Peixoto; Chicão e Índio; Robinho, Cleyton e Rafinha; Lucas Batatinha.
Técnico: Gerson Gusmão

Local: Arena da Baixada
Horário:21h30
Árbitro: Adriano Milczvski
Assistentes: Jefferson Cleiton Piva da Silva e André Luiz Severo

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!