Após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, o Athletico eliminou o Bahia nos pênaltis (4×2) neste sábado (11) e avançou para a terceira fase da Copinha 2020. O Furacão enfrenta o Tupi na próxima fase.

O duelo começou nervoso, com os times recorrendo a chutões e com dificuldades em trabalhar a bola com passes rasteiros. O Athletico encontrava no atacante Jajá, aberto pela esquerda, sua principal fonte de perigo ao Bahia.

Seguindo o estilo do técnico Rafael Guanaes, o Furacão tentava tocar a bola desde a linha defensiva, mas de forma lenta e com muitos erros de passe. Aos 29, após um erro na defensiva intermediária, Tiago bateu para defesa do goleiro do Athletico, Léo Linck.

TABELA: confira os resultados da Copinha

Aos 38, a equipe baiana, que já se mostrava mais organizada e intensa em campo, abriu o placar. Após pancada em cobrança de falta de fora da área, o goleiro Léo Linck fez difícil defesa, mas rebateu para o meio da área e o atacante Marcelo Ryan sozinho, de cabeça, abriu o placar.

Insatisfeito com o aproveitamento do time na etapa inicial, no intervalo Guanaes apostou em Brener e Iago nas vagas de Luca Caio e Renan Soares. Logo com um minuto de segundo tempo, Jajá costurou por dentro e bateu para defesa difícil do goleiro Fabrício, que mandou para escanteio.

O Furacão voltou melhor na etapa final e pressionava o adversário, mas as finalizações deixavam a desejar. Aos 19, Guanaes foi com tudo em busca do empate, tirando o zagueiro Lucas Andrade e apostando na entrada do atacante Rômulo.

Aos 27, Vinícius Mingotti fez bem o pivô e ajeitou para Rômulo que bateu para fora. Após o lance, Mingotti foi substituído por Paulo Victor, também atacante. Dois minutos depois, Iago cruzou da direita e o próprio Paulo Victor empatou de cabeça para o Furacão.

O gol animou o Athletico, que partiu em busca da virada, mas as investidas paravam no goleiro Fabrício. O Bahia ainda teve duas chances claras de marcar, mas a partida foi para os pênaltis.

Nas penalidades, brilhou o goleiro atleticano Léo Linck, com duas defesas, nos chutes de Enck e Douglas. Bruno Leite perdeu um para o Furacão, mas Jajá, Rômulo, Paulo Victor e Luan Patrick garantiram o 4×2 para o Athletico.

+ Mais do Furacão:

+ Confira as datas e horários dos jogos da primeira fase da Copa do Brasil
+ Athletico renova contrato com a Umbro