O Athletico entrou com um mandado de segurança para para transmitir em seu próprio site o jogo contra o Goiás, nesta quarta-feira (12), às 19h15, na Arena da Baixada, pela 2ª rodada do Brasileirão. O departamento jurídico do clube espera uma decisão ainda hoje.

Na última terça-feira (11), a liminar que dava o direito do clube realizar as transmissões de seus jogos na Arena da Baixada foi cassada. O pedido havia sido conquistado na Justiça a por um grupo de torcedores ligado ao presidente Mario Celso Petraglia na semana passada. A multa por descumprimento é de R$ 2 milhões. A decisão temporária autorizava que o clube exibisse seus jogos como mandante na plataforma de pay-per-view (PPV) Furacão Play, com base na Medida Provisória 984.

Athletico x Goiás não terá transmissão de nenhum canal de televisão, já que o Furacão tem contrato a Turner e o Esmeraldino possui exclusividade com a Globo (Sportv e pay-per-view inclusos).

O Furacão, único time que não vendeu o PPV para a emissora, acredita que tem direito de mostrar seus jogos em casa baseado na MP 984.

Athletico estima lucro de R$ 150 mil apenas na transmissão contra o Goiás

No mandado de segurança impetrado pelo Athletico, o clube alega que já vendeu 169 assinaturas do Furacão Play após o anúncio do pacote com os valores. A previsão feita é de receita de mais de R$ 150 mil para o jogo contra o Goiás e quase R$ 1 milhão até o final do campeonato.

+Mais do Furacão

+Athletico anuncia transmissão dos jogos do Brasileirão em streaming próprio
+Athletico busca manter o embalo contra o Goiás; tudo sobre o jogo