O dia 24 de junho é especial para o torcedor do Athletico. Nesta quarta-feira (24), a Arena da Baixada completa 21 anos de existência. A casa rubro-negra é um verdadeiro marco na história recente do Furacão.

Na partida inaugural, um amistoso contra o Cerro Porteño, do Paraguai, em 1999, coube ao atacante Lucas balançar as redes pela primeira vez no remodelado estádio no bairro Água Verde, em Curitiba.

“Foi muita alegria ter feito esse gol. Apesar de eu não ter jogado no Joaquim Américo antigo, eu sabia que a torcida sempre fazia do estádio um caldeirão. Quando chegamos ao estádio, vimos uma arena moderna. Nunca tinha jogado em um estádio como aquele”, relembrou Lucas, em entrevista à Tribuna/Gazeta do Povo.

Para o ex-atacante, a reinauguração da Arena da Baixada foi uma virada na história do Athletico.

“Nós sabíamos que estávamos mudando a história não só do clube, mas de todos que ali estavam. Com o estádio pronto, o nosso time virou uma potência, com bons jogos. Os times passaram a ter medo de nos enfrentar na Arena. Ali iniciou toda uma geração, que culminou em todo o poder que o Athletico tem hoje”, frisou Lucas.

Lucas já em sua segunda passagem pelo Athletico, em 2010. Foto: Albari Rosa/Arquivo

E, de fato, foi uma virada histórica para o Rubro-Negro. Dois anos depois, o clube erguia o caneco do Brasileirão. Em 2005, após ter ficado na segunda colocação do Campeonato Brasileiro no ano anterior, ficou com o vice-campeonato da Libertadores. Na ocasião, entretanto, o time foi impedido de jogar no Caldeirão a final contra o São Paulo e teve que mandar seu duelo em Porto Alegre.

Veio a Copa do Mundo de 2014 e mais investimentos e reestruturação no estádio atleticano. Obras que ainda hoje dão o que falar por conta do acordo tripartite entre Athletico, Prefeitura de Curitiba e Governo do Paraná.

Já nas últimas temporadas, as consagrações seguiram na Arena da Baixada. Veio a Copa Sul-Americana de 2018, conquistada diante de um estádio lotado contra o Junior Barranquilla, da Colômbia, e a Copa do Brasil do ano passado frente ao Internacional – vitória na Arena no primeiro jogo e triunfo também no Beira-Rio na grande decisão.

+ Mais do Furacão:

+ Athletico processa Coritiba em R$ 140 mil por danos morais
+ Athletico estuda entrar na Justiça pra transmitir jogos da Globo
+ Relembre em fotos os jogos da Copa do Mundo de 2014 na Arena


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?