enkontra.com
Fechar busca

Publicidade

Curitiba

Fã especial de Sandy e Júnior faz campanha para conhecer a dupla em Curitiba

Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná
Escrito por Lucas Sarzi

“Pra gente ser feliz, tem que mergulhar na própria fantasia, da nossa liberdade”. Assim diz um trecho de uma das músicas mais conhecidas de Sandy & Junior. Dupla que, após quase 12 anos da separação, anunciou o retorno para uma turnê comemorativa, chamada “Nossa História”. Não existiria um nome mais forte do que este para definir a história dos irmãos que não só tiveram sua trajetória marcada pelo que viveram, mas que carregaram consigo, desde sempre, a história de tanta gente.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Eles talvez imaginam, mas não têm ideia do tamanho da responsabilidade que, ao longo dos anos, ganharam. Por 17 anos e, talvez, ao longo destes 30 de existência, Sandy & Junior sempre foram muito mais do que uma simples dupla musical que se tornou referência para um pop que surgia lá atrás. Eles se tornaram também sinônimo de uma inocência que existe em toda criança.

+Caçadores! “Tem pessoas me xingando e me provocando. Sofro muitas represálias”, diz mãe de Edison Brittes

Essa inocência passada através das letras da dupla é o reflexo do principal adjetivo ao qual podemos definir Samantha Frizzas. Com 29 anos, mas jeito e simplicidade de uma garotinha, ela foi diagnosticada com hidrocefalia antes mesmo do nascimento e chegou a ser desenganada por médicos, que até aconselharam aborto à mãe. A recusa por tirar a vida de Samantha fez com que a família inteira mudasse para que ela continuasse sua história, mas o que mudou a vida de Samantha foi a dupla Sandy & Junior.

“Pela questão crônica, soubemos desde sempre que a Samantha teria problemas, talvez até sérios, e que não conseguiria jamais ser uma pessoa normal. Ela conheceu a dupla através das irmãs e percebemos o quanto a música de Sandy & Junior trouxe vida a Samantha”, conta a mãe, Cleo Falcão Frizzas.

Samantha é a quarta filha e veio depois de uma laqueadura. Ao longo do tempo, contrariando a previsão dos médicos, a moça “desenganada” foi mostrando o quanto poderia superar suas dificuldades. Crescida fisicamente, Samantha ainda não sabe direito o sentido da vida e não entende muitas das coisas que acontecem ao seu redor, mas de uma coisa ela entende e não esquece, mesmo tendo um problema de memória: Sandy & Junior.

+Caçadores! Menina de 3  anos precisa de R$ 65  mil para fazer cirurgia e não ficar cega!

Para os pais, a dupla teve importância ímpar na história de Samantha, pois foi através de Sandy & Junior que aquela menina que sequer andava sozinha passou a ter movimentos certos e foi além. “O dia em que eu vi minha filha pular enquanto ouvia a música ‘Vamo Pulá’ foi uma das maiores alegrias da minha vida. Ela sempre teve dificuldade motora, mas com a música da dupla ela conseguia se soltar”, comenta a mãe.

Ao mesmo tempo em que aprendia o repertório, Samantha foi aos poucos adquirindo também qualidade de vida. “Ela melhorou sua condição motora e desenvolveu sua linguagem, tudo através de Sandy & Junior. E fico extremamente feliz que tenha sido pela dupla, pela letra das músicas, pelo que eles sempre representaram, pois sempre foram boas referências do que é ser íntegro e humano”, defende Cleo, contando que Samantha já até fez musicoterapia, mas desistiu. “Ela se irritou porque não tinha Sandy & Junior. Eles são a terapia dela”.

Fã de coração

Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná

Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná

Por surgirem numa época em que tudo que era feito poderia ser colecionado, muitos fãs da dupla passaram a juntar o máximo de coisa que conseguiram. Ao contrário dos fãs considerados ‘normais’, Samantha nunca colecionou nada. “Até porque ela não se prende a objetos. Samantha nunca foi de guardar recortes de revista ou pastas com materiais da dupla, mas isso também não foi impedimento para que ela pensasse neles o tempo todo”, explica Cleo.

+Caçadores! Medo é rotina em escola que quase foi palco de massacre na Grande Curitiba

No começo, a forma da jovem de ouvir suas músicas favoritas era através de um rádio. Depois, com a tecnologia, Samantha se prendeu a um tablet onde não pode vê-lo funcionando que já pede para alguém ajudá-la ou ela mesma coloca. A playlist é única: Sandy & Junior. “E ai de quem se atrever a pegar o tablet dela e trocar, fica muito brava mesmo. E a gente também não pode cantar junto com a música, não podemos de forma alguma atrapalhar a voz da Sandy e do Junior”, brinca Camila Frizzas, uma de suas irmãs.

Se prendendo a poucas coisas, mas quase tudo tendo como objetivo final externar seu amor pela dupla, Samantha tem o maior orgulho em falar sobre um de seus cunhados, mas por um motivo: enxerga nele o nome de um dos seus principais horizontes de vida. “Você sabia que o nome do meu cunhado é Junior?”, diz a jovem, com os olhos brilhando e com as mãos juntas de felicidade.

+Caçadores! Curitiba tem um museu em que as obras de arte são animais! Conheça!

Campanha nas redes sociais

Há três anos, Samantha surgiu com a ideia de que se algum dia a dupla voltasse, ela queria os ver cantando ao vivo. Os pais, que inicialmente acreditaram ser loucura, se surpreenderam ao ver a notícia do retorno agora e relembrar do que disse a filha. Quando a venda de ingressos para o show da dupla em Curitiba foi disponibilizada, a família criou um mutirão e conseguiu garantir a entrada da jovem lá, mas querem ir além. Nas redes sociais, novamente a família se uniu e criou uma campanha.

Conhecendo Samantha mais por sentimentos do que pelas palavras, já que é muito pouco o que ela consegue dizer dentro de um contexto, a família publicou uma carta como se fosse a jovem falando sobre sua paixão por Sandy & Junior. Em poucas palavras, expressaram a vontade de Samantha de conhecer a dupla, desejo este que você que está lendo pode até pensar ser algo comum, que muita gente tem, mas que pela importância da dupla no desenvolvimento de Samantha se torna especial, assim como ela.

A campanha, que foi feita sem nenhuma pretensão, ganhou tanta repercussão que chegou até a reportagem da Tribuna. “Não imaginávamos que teria esse alcance. Mas sabemos que tudo que envolve Sandy & Junior tem sido muito noticiado, falado, e temos a total convicção de que aproveitar ao show vai ser uma realização para ela”, comenta o pai, Samuel Mantovani Frizzas.
Em Campo Largo, cidade da Região Metropolitana de Curitiba onde vive a família, todos sabem não só o quanto a menina é especial, mas também o tamanho da responsabilidade que a dupla tem na história de Samantha. A inocência dela faz com que sequer entenda ao certo o quanto Sandy & Junior significam para a música nacional. “Ela não entende que eles são pessoas famosas, por exemplo, que não é fácil chegar perto deles, muito menos”, explica Camila.

Samantha ainda não sabe se vai poder dar um abraço na dupla, mas como diz a mesma música que escolhemos para começar essa reportagem: “Uma história de amor, de aventura e de magia, só tem a ver, quem já foi criança um dia” e ela vai ser eternamente uma criança, dessas sonhadoras, que carrega consigo, no coração, o que ela tem de mais importante e que dispensa qualquer bem material: o amor a Sandy Leah Lima e Durval de Lima Junior. “Eles nem sabem, mas são eles que trazem a alegria à nossa casa, à nossa filha, então eu só queria mesmo era agradecer. E pedir que abracem minha filha transmitindo, por ela, o carinho e a responsabilidade que os envolve com tantas outras pessoas”, finaliza a mãe.

Muita história!

Quando anunciou a separação, em 2007, a dupla tinha 17 anos de carreira e números dignos de artistas internacionais. Sandy & Junior lançaram 16 álbuns, gravaram seis DVDs, venderam mais de 15 milhões de discos e fizeram oito megaturnês. O retorno desse sucesso ficou ainda mais evidente agora, quando anunciaram o retorno para uma turnê comemorativa, que a princípio teria 10 shows Brasil afora, mas já passaram para 13 apresentações e pode aumentar. Em Curitiba, a dupla se apresenta no dia 31 de agosto, na Pedreira Paulo Leminski, com ingressos já esgotados.

Menina de 3 anos precisa de ajuda pra fazer cirurgia e não ficar cega

Sobre o autor

Lucas Sarzi

Jornalista formado pelo UniBrasil.

Deixe um comentário

avatar

12 Comentários em "Fã especial de Sandy e Júnior faz campanha para conhecer a dupla em Curitiba"


JOAQUIM  TEIXEIRA IRA
JOAQUIM TEIXEIRA IRA
3 meses 16 dias atrás

Estes idiohtas que comentaram sobre a moça não se deram ao trabalho de ler a reportagem por inteiro e entender o porque do amor que ela nutre pela dupla. E estão destilando seu veneno, mas aposto que na hor que aparece algum cantor ou cantora de sertanojo ou sofrência são os primeiros da fila.

Arauto D.
Arauto D.
3 meses 14 dias atrás

Assino onde, Joaquim?

Eunicio Souza
Eunicio Souza
3 meses 17 dias atrás

Se isso a faz feliz,tomara que consiga.

3 meses 17 dias atrás

Quanto lixo!!!

Eunicio Souza
Eunicio Souza
3 meses 17 dias atrás

o sonho dela é torcer para o coritiba e se auto humilhar fazendo afirmações ridiculas e infundadas como escrever “verdão o maior do Estado”??

verdão é o palmeiras e maior do Estado é o CAP

Arauto D.
Arauto D.
3 meses 17 dias atrás

Falou o cara que torce para o Coritiba…

Gilnei Machado
Gilnei Machado
3 meses 17 dias atrás

Desculpem, mas acho essa história muito piegas. Para completar o quadro só falta os “artistas” receberam a moça para fazer um marketing e posar para umas fotos.

Blazy  of Glory
Blazy of Glory
3 meses 17 dias atrás

tanta campanha que poderia ser mais útil a uma necessidade mais importante….mas a fins de particular e para entreterimento próprio…é demais …se os 2 bebes quiserem conhecer ela q seja por natural e não por pena ou caridade

Arauto D.
Arauto D.
3 meses 17 dias atrás

Quando tem campanhas aqui que você considera importantes, o pessoal fica reclamando do mesmo jeito…

Coxa Terra Plana
Coxa Terra Plana
3 meses 17 dias atrás

Voltaram pra levantar Uma grana facil e dar os calotes de sempre na receita federal

Renato Andrade
Renato Andrade
3 meses 17 dias atrás

Pelo amor de Deus. Não têm coisa melhor para fazer? Vai trabalhar, produzir algo que seja útil.

Arauto D.
Arauto D.
3 meses 17 dias atrás

Esse seu comentário, por exemplo, foi bem útil, né? Não tinha nada melhor para fazer do que comentar asneira aqui também?

wpDiscuz
(41) 9683-9504