enkontra.com
Fechar busca

Publicidade

Curitiba

Caso de curitibana com doença rara desperta atenção da imprensa internacional

Foto: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná
Maria Luiza Piccoli

Lembra da Karina Rondini? A jovem curitibana de 28 anos, portadora de neurofibromatose que, cansada de sofrer, resolveu expor sua história nas redes sociais? Pois então. Há algumas semanas a história de Karina foi noticiada por uma emissora de televisão britânica e ganhou grande visibilidade após a coragem da jovem em expor seu corpo, não apenas nas redes sociais, mas para o mundo todo. Agora, diante da grande publicidade que ganhou, Karina espera chamar ainda mais atenção de médicos e autoridades de saúde, dispostos a ajudá-la.

Se você não lembra dela, a Tribuna do Paraná te ajuda a refrescar a memória.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Portadora de uma doença genética sem cura, de aspecto semelhante à “elefantíase”, Karina aprendeu a encarar as cirurgias como parte de sua vida. Ao todo, a jovem já passou por 12 procedimentos cirúrgicos reparadores que em nada resolveram seu problema, já que, depois de cada operação, os enormes tumores em suas pernas – característicos da doença – voltavam a crescer dentro de poucos meses. Depois de tanto sofrer sem respostas e sem resultados efetivos, Karina recorreu às redes sociais como último recurso na busca de ajuda e também como forma de chamar a atenção de médicos e autoridades de saúde dispostos a ajudá-la.

Localizados nas laterais das pernas, os abcessos típicos entre portadores da doença – têm quase o dobro do tamanho de seus membros, provocando não apenas dificuldade de locomoção como também dores terríveis por conta da compressão lombar decorrente do peso dos tumores. Disposta a vencer a vergonha, Karina juntou a coragem necessária e compartilhou um vídeo curto, na Internet, no qual aparece em frente ao espelho mostrando seu corpo. O material rapidamente viralizou e, poucos dias após o compartilhamento, a Tribuna do Paraná publicou a história de jovem.

Foto: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná

Foto: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná

Quem pensava que tudo terminaria por aqui, no entanto, se engana. Procurada há algumas semanas pela emissora Barcroft TV, da Inglaterra, Karina recebeu as equipes de reportagem em sua casa, onde contou mais detalhes de sua história. No total, o relato de Karina já foi assistido por mais de 6 milhões de pessoas. “Estou feliz pelo fato das pessoas estarem tendo mais consciência a respeito dessa doença e também por toda a ajuda que recebi depois das divulgações”, afirmou a jovem, que espera encontrar um médico que realize a retirada dos tumores na menor quantidade possível de procedimentos. “Todos dizem a mesma coisa, no entanto. Que será necessário fazer em etapas por conta dos riscos”, lamenta.

Confira a reportagem de Karina na Barecroft TV!

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Menina de 3 anos precisa de ajuda pra fazer cirurgia e não ficar cega

 

Sobre o autor

Maria Luiza Piccoli

Maria Luiza Piccoli

Deixe um comentário

avatar

4 Comentários em "Caso de curitibana com doença rara desperta atenção da imprensa internacional"


Luiz Renato Ramos
Luiz Renato Ramos
12 dias 11 horas atrás

Boa sorte e muita Luz !!!

Lasca Denovo
Lasca Denovo
13 dias 18 horas atrás

tomara que a repercussão ajude na resolução do problema dela.

Leonizia Aparecida Bastos
Leonizia Aparecida Bastos
13 dias 18 horas atrás

Com Deus no comando tudo vai dar certo Karina, sempre tem aquele anjo da guarda que nos ajuda, e tenho certeza que vai ter alguém para ajuda-la nessa caminhada.

CIC CIC
CIC CIC
13 dias 19 horas atrás

boa sorte a ela,

wpDiscuz
(41) 9683-9504