Chef em casa e marida de aluguel: curitibanas se reinventam e driblam crise na pandemia

Publicidade

Curitiba

Curitibanas se reinventam para driblar crise na pandemia

Avatar
Escrito por dmalucelli

*Por Daniel Malucelli

A crise econômica causada pelo coronavírus atinge em cheio os trabalhadores autônomos. O jeito para driblar as dificuldades é improvisar, usar a criatividade e botar a mão na massa. Foi o que fizeram, literalmente, as curitibanas Priscila Lima, cozinheira de 36 anos, e Nattasha Nobre, técnica de edificação de 34 anos.

+ CAÇADORES – Apaixonado pelo espaço, fotógrafo constrói observatório pertinho de Curitiba pra receber entusiastas. Veja!

Priscila é chef de cozinha formada há 10 anos. Antes da pandemia, ela trabalhava em um restaurante, que não suportou a crise e fechou as portas. Sem renda, ela resolveu trabalhar por conta própria e saiu divulgando nas redes sociais seu serviços culinários de uma maneira original. A “Chef em casa”, como ela chama, funciona como uma diarista da comida. 

“Hoje em dia tem diarista e diversos serviços deste tipo. Mas por que não levar uma chef de cozinha em casa? A maioria das pessoas tem muito gasto pelo ifood e extrapolam a renda. Então eu vou na casa das pessoas e faço sete pratos para armazenar, elaborados junto com o cliente”, explica a chef. 

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-07-14-at-20.29.27.jpeg
Priscila prepara sete pratos diferentes em uma diária da Chef em Casa | Foto: Arquivo pessoal

“Eu levo comida de alta gastronomia para a casa das pessoas por um preço justo. Faço risotos, carnes, massas, o que qualquer restaurante faz. Coloquei o anúncio nas redes sociais há um mês e estou tendo um resultado muito positivo”, comemora Priscila.

Marida de aluguel

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-07-14-at-15.22.49.jpeg
Nattasha presta serviço pelo Marida de Aluguel | Foto: Colaboração / Lucas Sarzi

Quem também oferece serviços residenciais é a Nattasha. Ela criou a empresa Marida de Aluguel para atender clientes que precisem de qualquer reparo e obras menores em suas residências. O trabalho foge do comum, que já que é realizado predominantemente por homens.

VIU ESSA? Homem na faxina: “diaristo” de Curitiba rompe preconceito na limpeza de casas

“Eu atendo tanto homens e mulheres. Mas logicamente que 95% dos clientes são mulheres. Pela questão de segurança, elas preferem. E mulher tem outro olhar também. Mas eu não faço discriminação de cliente”, conta.

A pandemia derrubou o serviço de Nattasha, que concilia o trabalho profissional com o de ser mãe. “Eu tenho trabalhado sozinha agora. Antes eu estava com duas funcionárias, mas ainda penso em ampliar o projeto quando tudo passar. Como não está tendo aula, eu tenho atendido uma semana sim e uma semana não, quando meu filho fica com meu ex-marido”, complementa. 

LEIA TAMBÉM – Mãe que vale ouro! Filho de empregada vira doutor em engenharia pela UFPR

*Para contratar os serviços culinários de Priscila, o contato é (41) 98739-6422 ou pela página no Instagram Chef em Casa.

*Já para os reparos e pinturas da Nattasha, o contato é  (41) 99890-8573 ou pelo Facebook do Marida de Aluguel.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?Apoie a Tribuna!Adicionar Botão


Sobre o autor

Avatar

dmalucelli

(41) 9683-9504