Na última quarta, 13, a Netflix estreou “Operação Fronteira”. O filme tem direção de J.C. Chandor, cineasta conhecido pelas produções de “O Ano Mais Violento” e o elogiado “Até o Fim” e conta com atuação dos veteranos Ben Affleck (Batman vs. Superman – A Origem da Justiça), Pedro Pascal (série Narcos), Oscar Isaac (Star Wars: Os últimos Jedi) e Adria Arjona (Círculo de Fogo: A Revolta).

LEIA TAMBÉM: Friends pode voltar? Criadora da série fala sobre continuidade

A produção original da Netflix revela um esquema de roubo milionário de ex-soldados da Força Armanda dos Estados Unidos na fronteira que separa o Brasil, da Argentina e do Paraguai. O lugar é conhecido como “o paraíso do crime organizado”. Veja o trailer:

O novo longa de Chandor tem a trama passada principalmente na fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru. Cheio de ação em uma elogiada fotografia e direção, “Operação Fronteira” infelizmente apresenta o mais do mesmo, o roteiro que é assinado pelo próprio diretor com Mark Boal (A Hora Mais Escura) se perde algumas horas e não apresentam conflitos interessantes e instigantes.

CONFIRA TAMBÉM: Como seriam as eleições comandadas por LGBTs, negros e feministas?

Quem curte produções com temáticas de guerra e operações em países latino-americanos, como a série Narcos e Sicario, pode ter uma leve decepção com “Operação Fronteita”.

Avaliação: ⭐⭐ ⭐
Pra quem gosta: ação, policial
Pra assistir: sozinho, com amigos ou crush
Filmes/Séries semelhantes:  Papillon, Sicario – Terra de Ninguém e Tropa de Elite