Sucesso como série na TV Globo e no serviço de streaming Globoplay, Carcereiros ganha finalmente as telonas dos cinemas. Com muito “tiro, porrada e bomba”, o longa que é protagonizado por Rodrigo Lombardi irá mostrar os desafios da segurança pública brasileira dentro do presídio em que seu personagem Adriano trabalha, após a chegada do terrorista internacional Abdel Mussa, personagem interpretado pelo ex-BBB Kaysar Dadour.

LEIA MAIS: ‘A Vida Invisível’ traz o pior do Brasil no melhor filme do ano

Junto com um dos roteiristas do filme, Marçal Aquino, Kaysar marcou presença na pré-estreia do filme que aconteceu no último dia 13, no Espaço Itaú de Cinema, em Curitiba. Em entrevista para o blog Não é Spoiler, o dono do bordão “caraco” contou como surgiu a vontade de seguir a carreira de ator, falou sobre o convite para participar do longa e ainda revelou os desafios tem  enfrentado em sua carreira.

Segundo o ex-BBB, o convite para interpretar o terrorista Abdel Mussa em Carcereiros – O Filme surgiu do próprio diretor, José Eduardo Belmonte. “Foi uma honra. Fiquei muito surpreso quando recebi a ligação de Belmonte me chamando para participar do filme”, conta.

VEJA MAIS: Filme curitibano sobre primeiro beijo de jovem trans

No longa, Abdel é condenado depois de bombardear uma escola em um país europeu e após vir para o Brasil, acaba passando uma noite no presídio que trabalha Adriano (Rodrigo Lombardi). E a chegada de Mussa, que era para ser em sigilo total, acaba causando uma verdadeira rebelião no local. “Não posso falar muito, mas a história vai surpreender muita gente. Tem muita tensão, dá medo”, garantiu o ator que ainda confessou ser fascinado pela série, “já assisti todos os episódios”, disse.

Carreira artística

Cena de ‘Carcereiros – O Filme’. Foto: Divulgação/Globo Filmes

Sobre a ideia de ser ator, Kaysar revela que o desejo surgiu quando ele ainda era criança. Vontade que acabou se tornando difícil de ser realizada em seu país natal, na Síria. “Por causa da guerra no meu país, eu perdi a vontade em ser ator. Mas o desejo voltou como uma semente. Deus jogou uma forte chuva nela. A semente começou a crescer, virou uma planta e hoje consegui realizar meu sonho em atuar”, explicou.

LEIA TAMBÉM: Filme de Hollywood terá cenas gravadas em Curitiba

Curiosamente, o filme foi o primeiro trabalho do ex-BBB como ator, já que sua participação na novela das 18h da TV Globo, Órfãos da Terra, veio somente depois das filmagens. Kaysar ainda conta que após trabalhar no longa e na teledramaturgia, não tem projeto de futuro definido, mas que segue estudando para permanecer a carreira. “Eu estou fazendo aula de português, fonoaudiologia, teatro”, finaliza, dizendo que seu desejo agora é atuar em uma peça que faça turnê por todo o Brasil.

Diferente da série

Cena de ‘Carcereiros – O Filme’. Foto: Ramón Vasconcellos/Globo Filmes

Para o roteirista Marçal Aquino, Carcereiros – O Filme é uma história paralela à série, que não deixará perdido quem ainda não teve a oportunidade de assistir aos episódios que foram ao ar na TV. “O filme existe de forma autônoma. Dá pra você usá-lo como primeiro episódio”, garante o roteirista. O longa estreia amanhã nos cinemas.  Já a série que está em sua segunda temporada e é exibida às terças-feiras na TV Globo e os episódios completos estão disponíveis no Globoplay.