Você já reparou que quase tudo pode ser resolvido pelo smartphone? Está com fome e não quer sair de casa? É só baixar um aplicativo de delivery. Esqueceu de pagar o boleto e o banco fechou!? É só escanear o código no app! E o mais interessante, conseguimos manter contato com os amigos e familiares em tempo real, não é mesmo? Tem até pais que chamam os filhos para comer através uma mensagem do WhatsApp!

Mas a facilidade tecnológica pode se tornar um grande problema quando os pais ou responsáveis perdem o domínio dos filhos a ela. Se você é pai ou mãe e está lendo essa matéria, me diga uma coisa? Você sabe quais são as redes sociais que seu filho possui perfil? Você tem contato com os amigos dele? Ok, essa mesma pergunta vai para os próprios filhos, seus pais sabem realmente quais são as suas atividades na internet?

É sobre este assunto que o filme “Buscando…” aborda. Após o desaparecimento de sua filha, um pai decide invadir o computador da jovem para tentar descobrir pistas que possam revelar o paradeiro da garota. (Acho que agora você entendeu o título da matéria, né?) Veja o trailer:

O longa de estreia de Aneesh Chaganty, conta com a produção já especializado no assunto, Timur Bekmambetov (Amizade Desfeita). As atuações ficam por conta de John Cho (O Exorcista – A Série), a talentosa Debra Messing (Will & Grace) e com a revelação de Michelle La.

Cena do filme "Buscando...". Foto: Divulgação
Cena do filme “Buscando…”. Foto: Divulgação

“Buscando…” é um suspense instigante que cresce com o desenrolar da trama. Por tratar de tecnologia e internet, o filme teve todo cuidado de traduzir quaisquer informações e textos para a língua portuguesa. Sim! O Facebook, YouTube, mensagens estão tudo em português! Eu mesmo estava pensando que o longa era brasileiro. É perfeitamente montado.

Debra Messing como detetive Rosemary Vick encarna uma profissional que é capaz de resolver o desaparecimento como se o próprio filho fosse à vítima. John Cho já revela um pai que é capaz de enfrentar qualquer situação para encontrar a filha.

Um verdadeiro Catfish, “Buscando…” é surpreende pelas reviravoltas e mostra como a internet pode trazer soluções, mas também problemas. Como alguém pode tirar aproveito pela desgraça do outro e também como uma simples distorção do fato pode prejudicar outrem.

É uma versão soft da minissérie “Sharp Objects” com o drama emocionante de “Lion: Uma Jornada para Casa”.

Se você é um pai que não sabe de nada o que seu filho faz na internet, então é melhor ir ao cinema e assistir ao “Buscando…” que estreia nesta quinta-feira (13) nos cinemas de Curitiba.

Avaliação: ⭐⭐⭐ 1/2
Pra quem gosta: drama / suspense
Pra assistir: com amigos ou sozinho ou com a família
Filmes/Séries semelhantes: Ferrugem, Meninamá.Com e Ferrugem.

“A Freira” quer assustar todo mundo nos cinemas

Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Instagram Compartilhe no Twitter Compartilhe a Tribuna