A 3ª edição do Geek City, que aconteceu no Expo Barigui, em Curitiba, contou com a presença do astro da série Vikings, Alex Hogh Andersen, o Ivar, o Desossado. Em entrevista exclusiva para o blog Não é Spoiler, com grande simpatia e recepção calorosa, Alex contou das dificuldades de interpretar o personagem paraplégico e falou ainda sobre quais pontos turísticos brasileiros gostaria de conhecer.

LEIA MAIS: Hermes & Renato falam de nova série

Andersen contou que é a primeira vez que visita o Brasil e que ainda não teve oportunidade de conhecer o país direito. “Eu vim direto para o Geek City e estou ansioso para conhecer mais”, disse. O ator, que também é fotógrafo, revelou que gostaria de fotografar vários pontos turísticos, principalmente no Rio de Janeiro. “Eu já estou com a minha câmera para fotografar tudo”, contou contente.

Alex Hogh Andersen. Foto: Diego Petri

Como atração principal sobre cultura nerd, o intérprete de Ivar revela que se considera geek. “Eu gosto muito de Star Wars, O Senhor dos Anéis. Adoro analisar os filmes”, revelou. Com remakes e novas adaptações dos clássicos, o ator comenta que se pudesse escolher interpretar um dos personagens de seus filmes favoritos, gostaria de dar vida ao Anakin Skywalker. “Primeiramente eu adoro os sabres de luz e eu consigo me enxergar como um Sith. Inclusive, tem uma cena no Vikings que eu estou com uma capa bem parecida com a dele. Eu adoraria fazer parte da família Star Wars”, finalizou rindo.

CONFIRA TAMBÉM: Como seria o “Mundo de Beakman’ nos dias de hoje?

Grande parte do telespectador que assiste Vikings costuma odiar o Ivar, como defesa, o ator explica que entende o público não gostar muito do seu personagem. “Ele é desprezível as vezes. Principalmente na última temporada, ele não foi uma pessoa muito legal com os próprios familiares e amigos. Mas precisamos entender da origem dele, da onde ele veio, a dor que ele sente na maior parte do tempo. Acho que ele tem um bom coração, só não sabe ainda”, defendeu Alex.

Cena da série Vikings. Foto: Divulgação

Sobre fazer um personagem paraplégico, o ator conta que foi um grande desafio. Ele precisou trabalhar a expressão facial, as mãos e também a voz. “Foi muito difícil trabalhar forçando os braços, eu tenho uma fisioterapeuta que me auxiliava. É bem cansativo, por isso eu gosto de dormir bastante”, explicou rindo.

LEIA TAMBÉM: Dublador de Pica-Pau conta como foi começar a carreira com 8 anos de idade

Alex Hogh Andersen participou de um bate-papo que aconteceu no sábado e domingo no palco principal do Geek City.

Só no disfarce

E engana-se quem pensou que Alex Hogh Andersen não aproveitou o convite ao Geek City. Para não ser descoberto pelo público, o ator teve a ideia de vestir o famoso macacão vermelho e a máscara da série espanhola La Casa de Papel. A diversão foi até registrada pelo vencedor do Concurso de Cosplay, que inclusive ganhou o prêmio interpretando o pai de Ivar, Ragnar, Filipe Marins. Confira abaixo:

Tradução: Isabella Moraes