Um drama sobre a relação entre mãe e filha, lançado pela Netflix na última sexta-feira (8), passou despercebido por muitos espectadores, mas que merece um lugarzinho na sua lista de próximos filmes a serem vistos: o longa 18 Presentes.

Inspirado em uma história real, o drama italiano conta a história de uma mulher que consegue engravidar aos 40 anos, mas descobre estar com uma doença incurável. Sabendo que não tem muito tempo de vida, ela encontra uma maneira de ficar perto de sua filha: preparando um presente para todos os aniversários da menina até a idade adulta. São ao todo 18 presentes, que terão significados e acompanharão o crescimento da garota, ano após ano.

VEJA MAIS: Crítica de “Dias sem Fim”

Profundamente emocionante, o filme dirigido por Francesco Amato consegue criar afeto e trazer significado para todos os filhos que cresceram sem a presença materna. Sem cair em melodrama exageradamente espetacular, a obra conta com cenas sutis e prazerosas a serem assistidas.

As atrizes Vittoria Puccini e Benedetta Porcaroli interpretam mãe e filha, respectivamente, se destacam pela química e disparidade de personalidade a fim de conseguirem viver com as diferenças uma da outra.

18 Presentes. Foto: Divulgação

Porém, o longa possui uma edição que deixa a desejar, com presenças de cenas mal aproveitadas, desfechos mal finalizados e uma trilha sonora desconexa. A meu ver, a produção tentou entregar um filme que agradece o público jovem com músicas agitadas e também buscou um roteiro dramático, para conquistar as mulheres de meia idade.

CONFIRA TAMBÉM: O que chega na Netflix em maio

18 Presentes se inspira na produção hollywoodiana dos anos 90, Tomates Verdes Fritos, de Jon Avnet, mas empaca na homenagem ao clássico. Mesmo assim, Amato traz um drama convincente, que discute a própria relação entre pais e filhos, inclusive, acaba sendo um filme digno de ser assistido em família.

Avaliação: ⭐⭐⭐
Pra quem curte: Drama
Pra assistir com: Família
Filmes e séries semelhantes: Flores de Aço, Minha Mãe e Eu e Para Sempre Alice