Uma das estreias mais aguardadas no plantel do UFC na temporada de 2020 é a do brasileiro Herbert Burns. Irmão mais novo de Gilbert Durinho – integrante do Ultimate desde 2014 -, o carioca de 31 anos vai pisar no octógono mais famoso do mundo no próximo sábado, na abertura do UFC Raleigh.

“Chegou a hora. Tive que provar para o Dana White em duas oportunidades que eu era capaz de integrar o elenco do UFC. Eu assinei contrato no ano passado e só me deram a chance de estrear agora. Fiquei naquela ansiedade e tal, mas chegou a minha vez”, disse o carioca, em entrevista ao Direto do Octógono.

Com nove vitórias e duas derrotas em sua carreira profissional no MMA, Herbert Burns é conhecido por seu estilo agressivo no solo. São sete triunfos por finalização. Até o momento, ele nunca foi nocauteado ou finalizado. Neste sábado, ele pega o nocauteador Nate Landwehr.

Em seu camp, o carioca contou com a parceria do próprio irmão e também do veterano Vitor Belfort. “Conheço o Belfort há tempos, treinamos juntos algumas vezes e ele sempre me dá uns toques. É um cara muito experiente e com bastante história no esporte”, frisou Burns.

+ Leia mais: Rafael dos Anjos busca retomada pelo cinturão dos meio-médios

Além dele, o Brasil ainda será representado por Felipe Cabocão, Rafael dos Anjos e Júnior Cigano.

Confira a análise do UFC Raleigh: