Aquela essência de uma das mais tradicionais equipes de MMA do mundo parece estar ganhando força novamente. A Chute Boxe, que já revelou grandes talentos como Anderson Silva, Wanderlei Silva, Maurício Shogun e tantos outros, está com novas revelações dentro do UFC. No último fim de semana, o novato John Allan estreou com vitória na maior organização de lutas do mundo. Já neste sábado, será a vez da peso-mosca Jennifer Maia ter mais um desafio na organização.

E a curitibana de 30 anos ganhou destaque nesta semana ao subir três posições no ranking de sua categoria e alcançar a sexta colocação. “Fiquei muito feliz quando soube da notícia. É uma conquista do nosso trabalho. Acredito que, com uma vitória neste fim de semana, eu possa entrar no top 5 e ficar mais próxima de uma disputa de cinturão”, disse a atleta da Chute Boxe, enquanto entrava em reta final de preparação para a revanche contra a americana Roxanne Modafferi.

+ Leia mais: Klidson Abreu deixa Curitiba e busca nova vida no UFC

A adversária da vez já é conhecida por Jennifer. As duas se enfrentaram ainda pelo Invicta FC, em setembro de 2016. Na ocasião, a curitibana levou a melhor na batalha de cinco rounds e venceu na decisão dividida dos árbitros.

A rival tem 36 anos e possui um currículo vasto dentro do MMA, com 23 vitórias e 15 derrotas em seu cartel. A tendência é que neste sábado a guerra seja entre o Muay Thai afiado de Jennifer e o Jiu-Jitsu de ponta de Roxanne.

“Apesar da derrota que ela sofreu pra mim, eu acredito que as estratégias que ela deve ter nesse novo confronto sejam as mesmas do último duelo. Ela acompanhou as minhas últimas lutas, eu também tenho acompanhado o jogo dela. Provavelmente, ela queira levar o combate para o solo e eu estou preparada para isso”, disse a peso-mosca.

Dentro do UFC, a curitibana acumulou uma derrota em sua estreia contra a experiente Liz Carmouche e uma vitória contra Alexis Davis. Segundo Jennifer, o seu último duelo comprovou que ela teve uma grande evolução psicológica. “Na minha estreia eu senti a pressão de estar no maior evento de MMA do mundo. É o sonho de todo atleta estar ali. Já na segunda luta eu estava com a cabeça muito mais preparada. As coisas fluíram e pude sair com a vitória”, ressaltou a representante da Chute Boxe.

Jennifer luta de olho em uma possível disputa de título. A atual campeã de sua categoria, a quirguistanesa Valentina Shevchenko defende o cinturão contra americana Liz Carmouche no próximo dia 10 de agosto, na estreia do UFC no Uruguai.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!