enkontra.com
Fechar busca

Publicidade

Curitiba

Foco no concurso

Foto: Marco Charneski
Maria Luiza Piccoli

Resultado da recessão econômica e da crise no mercado de trabalho que atingiram em cheio o Brasil em 2015, a procura por concursos públicos cresceu no último ano, principalmente por conta da estabilidade profissional e também dos benefícios que prometem a curto, médio e longo prazo. Com os primeiros sinais da recuperação econômica, o país retoma lentamente o fôlego e os reflexos começam a aparecer também no mercado de trabalho e, ao que tudo indica, 2018 será recheado de novas oportunidades para quem pretende seguir carreira pública.

Confira a lista com os concursos abertos no Paraná

De acordo com Henrique Arns, diretor do curso preparatório Luiz Carlos, 2016 foi um ano “fraco”. Por conta da crise, muitas instituições cortaram gastos e contiveram a realização de novas convocações e, com isso, muitos cargos ficaram apenas “na promessa”. “Em razão da falta de orçamento, muitos órgãos públicos tiveram de reavaliar as folhas de pagamento. Com isso, a opção foi desacelerar novos concursos e evitar a abertura de novas vagas. Com a melhora da situação econômica, as instituições agora voltam a abrir novos certames”, explica. Segundo o diretor, setores como as polícias Civil e Federal, e também INSS e Correios, por exemplo, dispõe de diversas vagas que obrigatoriamente, deverão ser preenchidas. “O que aconteceu, na realidade, é que tinha vaga, mas não dinheiro. Essas posições continuam lá ­ aguardando serem preenchidas ­ mas agora existe verba para realizar novas convocações”, diz.

Segundo Henrique, uma área que merece atenção e deve realizar certames entre 2018 e 2019 são as instituições bancárias, que passam por um momento de migração do plano físico, para o virtual. “Os bancos passam por um momento novo onde as transações virtuais estão sendo potencializadas. Pra isso, será necessário remanejar o corpo de colaboração e convocar novos profissionais”, afirma.

Para quem já tem em mente seguir a carreira pública ou pretende começar a se dedicar aos estudos, é bom se preparar. Com salários que vão até R$ 13,535.62 mil, a lista de oportunidades para o primeiro semestre de 2018 é grande. Somente no Paraná, 19 órgãos municipais já lançaram os editais oficiais. No âmbito estadual, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Paraná (Agepar) também vai abrir inscrições e, com 600 vagas disponíveis, a Polícia Federal deve anunciar novo certame a qualquer momento.

Foto: Marco Charneski.

Foto: Marco Charneski.

Para passar, no entanto, é preciso estar preparado e, quem acha que dá pra se livrar dos livros, está muito enganado. Yasmine Abbage, 30, foi aprovada em 2014 para a função de “agente delegada” pelo Concurso de Provas e Títulos para Outorga de Delegações Notarias e Registrais do Estado do Paraná. Lotada na cidade de Terra Boa, ela optou pela carreira pública depois de se frustrar com a advocacia. “Sempre achei que o concurso público proporcionava mais estabilidade. Advoguei por um tempo, mas sentia que não era o meu perfil. Decidi estudar para concurso e quando soube da abertura deste edital e comecei a estudar as matérias específicas acabei me apaixonando pelo tema e pela profissão”, afirma.

No final de 2013, Yasmine parou de trabalhar para se dedicar totalmente aos estudos. A aprovação aconteceu em janeiro de 2014. “Não foi fácil. Estava em média 8 horas por dia e muitas vezes o lazer ficou de lado”, lembra.

De acordo com Henrique Arns, dedicação e paciência devem ser os lemas do concurseiro e, quanto mais horas puderem ser dedicadas aos estudos, melhor. “Quem ainda não tem, deve estabelecer uma rotina e separar o momento certo do dia para estudar”. Segundo o diretor, existem três tipos de alunos: aqueles que podem estudar o dia todo; aqueles que trabalham e, portanto, possuem horário restrito e, aqueles que não trabalham, mas possuem atividades que demandam dedicação intensa ­ como mães e donas de casa, por exemplo. “O mínimo são 4 horas, mas existem alunos que conseguem estudar até 12 por dia. Em todos esses casos é necessário separar um tempo para estudar.”

Para quem tem agenda muito cheia e não dispõe de espaço para os estudos entre as atividades do dia, vale o infame ditado: “e o que você faz entre meia noite e seis horas da manhã, além de dormir?”. Brincadeiras à parte, Henrique explica que é necessário pensar antes no objetivo profissional. “É preciso ter em mente que são momentos difíceis mesmo. Abdicar do sono e da diversão em prol dos livros não é fácil pra ninguém. Mas é preciso ter me mente que isso é temporário. São poucos anos de sacrifício que compensam a segurança e estabilidade profissional que vêm depois”, finaliza.

Foto: Marco Charneski.

Foto: Marco Charneski.

Confira a lista de concursos abertos até agora

Prefeitura de Santa Terezinha de Itaipu
Vagas: 54
Escolaridade: nível fundamental, médio e superior.
Inscrições: até o dia 09/01/2018

Prefeitura de Santa Terezinha de Itaipu ­(Professor)
Vagas: 21
Escolaridade: ensino médio em Magistério ou formação em nível superior com habilitação específica.
Inscrições: até o dia 09/01/2018

Prefeitura de Chopinzinho
Vagas: 44
Escolaridade: nível médio e superior
Inscrições: até o dia 11/01/2018

Prefeitura de São José da Boa Vista
Vagas: 19
Escolaridade: nível fundamental, médio e superior
Inscrições: até o dia 11/01/2018
Prova: dia 04 de fevereiro de 2018.

Prefeitura de Goioerê
Vagas: 23
Escolaridade: nível médio e superior
Inscrições: até o dia 12/01/2018

Prefeitura de Nova Olímpia
Vagas: 28
Escolaridade: nível fundamental, médio e superior.
Inscrições: até o dia 14/01/2018

Prefeitura de Paranaguá
Vagas: 231 vagas
Escolaridade: nível médio e superior
Inscrições: até o dia 14/01/2018

Prefeitura de Ipiranga
Vagas: 30
Escolaridade: nível fundamental, médio e superior
Inscrições: até o dia 16/01/2018

Prefeitura de Marilândia do Sul
Vagas: 37
Escolaridade: nível fundamental, médio e superior
Inscrições: até o dia 16/01/2018

Prefeitura de São Carlos do Ivaí
Vagas: 25
Escolaridade: nível médio e superior
Inscrições: até o dia 17/01/2018

Prefeitura de Nova Tebas
Vagas: 46
Escolaridade: nível fundamental, médio e superior
Inscrições: até o dia 17/01/2018

Prefeitura de Colorado (Cargo Público)
Vagas: 13
Escolaridade: nível fundamental e superior
Inscrições: até o dia 22/01/2018

Prefeitura de Colorado ­
Vagas: 31
Escolaridade: nível fundamental, médio, técnico e superior
Inscrições: até o dia 22/01/2018

Prefeitura de Reserva
Vagas 28 vagas
Escolaridade: nível fundamental, médio e superior
Inscrições: até o dia 22/01/2018

Prefeitura de Tupãssi
Vagas: 22
Escolaridade: nível fundamental, médio e superior
Inscrições: até o dia 22/01/2018

Prefeitura de Sertanópolis
Vagas: 30
Escolaridade: nível fundamental, médio e superior
Inscrições: até o dia 29/01/2018

Prefeitura de Palotina ­ (Cargo Público)
Vagas: 6
Escolaridade: nível fundamental, médio e superior
Inscrições: até o dia 08/02/2018

Prefeitura de Palotina ­
Vagas: 8
Escolaridade: nível fundamental, médio e superior
Inscrições: até o dia 08/02/2018

Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Paraná (Agepar)
Vagas: 20
Escolaridade: nível médio e superior
Inscrições: entre 12 e 31 de janeiro de 2018
Taxa de Inscrição: R$ 100,00 (cem reais)
Provas: 4 de março de 2018

Agência Brasileira de Inteligência (Concurso Abin 2018).
Banca organizadora: Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe)
Cargos: oficial de inteligência, oficial técnico de inteligência e agentes de inteligência.
Escolaridade: Nível Médio e Superior
Número de vagas: 300
Remuneração: Até R$ 16.620,46
Inscrições: entre 9 e 30 de janeiro de 2018
Taxa de Inscrição: entre R$190,00 e R$230,00
Provas: 11 de março de 2018

Petrobras
Banca organizadora: Cesgranrio
Cargos: Administrador Júnior, Advogado Júnior, Analista de Sistemas Júnior ­ Processos de Negócio, Contador Júnior, Economista Júnior, Engenheiro de Produção Júnior e Estatístico Júnior.
Escolaridade: Nível Superior
Número de vagas: 57
Remuneração: De 9.786,14 a 10.544,04
Inscrições: entre 9 e 30 de janeiro de 2018
Taxa de Inscrição: R$ 67,00 (sessenta e sete reais)
Provas: 18 de março de 2018.

Sobre o autor

Maria Luiza Piccoli

Maria Luiza Piccoli

Deixe um comentário

avatar

15 Comentários em "Foco no concurso"


tom redblack
tom redblack
18 horas 11 minutos atrás

O que se exige pra se fazer e passar em concursos públicos deveria também ser exigido pra quem pleiteia o posto de presidente da república, além de curso superior, no mínimo um inglês e espanhol, exemplo tem que vir de cima!

Alto de tantas vergonhas
Alto de tantas vergonhas
8 horas 42 minutos atrás

Desde que os candidatos pudessem exigir a posse depois da aprovação nos concursos também.

Curitibano Sincero
Curitibano Sincero
1 dia 19 minutos atrás

Passar em concurso é fácil, difícil é ser empossado!

Alto de tantas vergonhas
Alto de tantas vergonhas
8 horas 44 minutos atrás

Bem por aí, maioria desses concursos são exclusivamente para arrecadar dinheiro dos trouxas iludidos.

Cesar
Cesar
1 dia 3 horas atrás

As sim, a indústria dos concursos: O brasileiro esculhamba o político mas idolatra o Estado.
Nada pode ser mais estável do que aquela colocação na repartição.
Já aquele que empreende, pensa em algo novo só apanha… Há quem ainda pense que a salvação nacional virá pelos burocratas. Third World é nóis rumo ao equiça!

tkt_5ee_150831
tkt_5ee_150831
11 dias 5 horas atrás

O câncer do país!!
Salários altos, serviços prestados de péssima qualidade…
Enquanto não mudar a legislação que garante estabilidade na função isso nunca vai mudar!!
E não me venham com aquele Papinho: ” estude e vire funcionário público” porque quem sustenta esse país, são os empresários e micro empresários .. impostos absurdos para bancar a máquina pública falida!!

Alto de tantas vergonhas
Alto de tantas vergonhas
8 horas 38 minutos atrás

Cargo público é só para isso mesmo, pra neguinho se encostar e coçar o saco o dia inteiro, prestando um péssimo serviço, já estamos cansados de ver a ineficiência da máquina pública.

Mário
Mário
11 dias 3 horas atrás

Mensalao , petrólão , 13 anos dês “cleptocracia” petista, atribuem a crise do país ao funcionário público, devido a estabilidade e a ter saco e disciplina Para estudar passar , msmo que o cara ganhe uma merreca de 2 mil líquido por mês ! Eu imagino em que situação caótica vive uma pessoa para sentir inveja de um relez funcionário estável que ganhe 2.000 por mês.

Mário
Mário
11 dias 3 horas atrás

Vvc sustenta políticos não reclama ! E olha que muitos deles são semi-analfabetos como o seu querido lula

Mário
Mário
11 dias 9 horas atrás

Dedicação resume : disciplina , foco. Concurso se faz até passar . Muitos servidores em cargos grandes , foram reprovados alguma s vezes antes de passarem

Alto de tantas vergonhas
Alto de tantas vergonhas
11 dias 9 horas atrás

Esses concursos na maioria são somente arrecadação de dinheiro, eu e alguns familiares meus já passaram em alguns concursos e nunca fomos chamados…muita ilusão.

fernando
fernando
11 dias 8 horas atrás

Se você está desiludido com concurso publico porque você e alguns familiares seus passaram e nunca foram chamados hoje, vou falar uma coisa para você: não faça mais, pronto!!!

Mário
Mário
11 dias 9 horas atrás

Isso é o que vc fala . Quem não estuda , sempre inventa uma desculpa. Se fosse assim , não haveriam polícias , médicos , professores , etc…

Há tbm a possibilidade de vc ter passado e não ter pego classificação

Alto de tantas vergonhas
Alto de tantas vergonhas
8 horas 36 minutos atrás

Ah sim, não peguei classificação…e quem ficou em primeiro lugar e também não foi chamado? Não pegou classificação? Vai catar côco puxa saco!

fernando
fernando
8 horas 43 minutos atrás

Falou tudo Mario, tem pessoas que não passaram em concursos públicos, mas não desanimaram, fizeram tantos concursos até serem aprovados em 1 ou 2 cargos públicos.

wpDiscuz
(41) 9683-9504