Nesta segunda-feira foi comemorado o Dia Mundial do Câncer. A data, que faz parte do calendário desde 2005, foi criada pela União Internacional para o Controle do Câncer, com o apoio da Organização Mundial da Saúde. Neste ano, o presente para todos que lutam contra essa doença foi o início das obras da tão esperada ala infantil e unidade oncopediátrica do Hospital Erasto Gaertner (HEG), carinhosamente chamado de Erastinho. A nova estrutura será exclusivamente voltada ao tratamento do câncer infanto-juvenil.

A empresa responsável pela construção do Erastinho assumiu os trabalhos no dia 28 de janeiro. O superintendente do HEG, Adriano Lago, afirma que o pontapé inicial da obra é a concretização de um antigo projeto da instituição. “É uma grande alegria, no Dia Mundial do Câncer, dar essa notícia tão boa para toda a sociedade. Muitas pessoas não acreditaram que o Hospital Erastinho iria existir. E agora, a empresa que ganhou a licitação e será responsável pela obra, já está trabalhando. O sonho saiu do papel”, comemora.

A previsão de conclusão da obra é de 15 meses, sendo a inauguração do Hospital Erastinho prevista para o primeiro semestre de 2020. Com a nova estrutura, o hospital dobrará sua capacidade de atendimento e realização de procedimentos, além de passar a ofertar uma ala exclusiva para a oncopediatria. Com a construção do Erastinho, a ala pediátrica será totalmente transferida para o novo prédio, que possibilitará a reformulação dos espaços, tornando-os mais humanos, induzindo um novo tipo de tratamento, focado no paciente, com a melhor infraestrutura e avançada tecnologia.

Hoje, as crianças dividem alguns espaços de exames e atendimento com os adultos, na atual estrutura do HEG. Atualmente, crianças e adolescentes até 18 anos são atendidos na Ala Pediátrica, que possui um ambulatório com três consultórios, sala de emergência, dez poltronas e três leitos para sessões de quimioterapia. Na internação, hoje, são disponibilizados 20 leitos, quatro deles na UTI Pediátrica. Além disso, pacientes e acompanhantes podem usufruir do Espaço da Família, um parquinho e um refeitório específico para o setor.

O Hospital Erastinho ficará no mesmo terreno do complexo que abriga o Hospital Erasto Gaertner, em Curitiba. O HEG, que é referência em pesquisa, tratamento e combate ao câncer da região sul do país, passará a contar com um espaço moderno, elaborado com uma arquitetura especialmente planejada para atender crianças e adolescentes, em um ambiente mais acolhedor tanto para o paciente quanto para os familiares.

O Hospital Erastinho custará R$ 24 milhões, sendo que R$ 12 milhões serão investimentos do Governo do Estado do Paraná, em acordo assinado em março de 2017.  A outra metade, cabe à instituição arrecadar e, para isso, diversas ações estão em andamento. Até agora, as cinco primeiras parcelas correspondentes ao valor da contrapartida do hospital já estão garantidas. “Nós temos pacotes comerciais, disponíveis para os empresários que queiram participar deste projeto e ter sua marca em destaque no Hospital Erastinho.

A sociedade também pode colaborar apadrinhando o projeto, basta entrar em contato com o nosso telemarketing pelo 0800 643 4888. Por meio do site do Erastinho também temos opções de doações de todos os valores. E nesse site (www.erastinho.com.br), toda a sociedade poderá acompanhar o andamento da obra e conferir sua doação se tornando investimento”, explica o superintendente do HEG.