Valdinei morreu com um tiro na
barriga ao lado de um revólver.

Ao reagir a um assalto, José Sarcoski, 47 anos, matou um dos marginais e feriu outro, às 5h de ontem, na Rua Major Theolindo Ferreira Ribas, esquina com a Rua Salvador Ferrante, na Praça dos Menonitas, no Boqueirão. Valdinei Pedroso, de 17 anos, que seria um dos assaltantes, morreu no local. Dois indivíduos conseguiram escapar.

Roubo

Israel Martins e sua noiva chegavam na casa dela em um Monza, quando foram abordados por três rapazes armados com revólveres. O trio anunciou o roubo e ordenou que o casal desembarcasse. Sem demonstrar nenhuma reação, os dois saíram do carro. José, que estava na casa, ouviu o barulho do cão fila latindo desesperadamente e, preocupado, saiu para ver o que acontecia.

Quando abriu o portão, o cachorro tentou avançar nos bandidos, que atiraram e mataram o animal no portão da residência. Dois dos assaltantes embarcaram no carro, deixando Valdinei do lado de fora. José partiu para cima dele e os dois entraram em luta corporal. A vítima conseguiu segurar a mão do rapaz, momento que ocorreu o disparo que atingiu a barriga do adolescente.

Dentro do veículo, os dois assaltantes ainda tentaram escapar. Eles deram marcha à ré no carro, bateram contra um poste e atiraram contra as vítimas. José revidou e feriu um dos marginais. Mesmo assim, os assaltantes conseguiram escapar, deixando para trás um revólver, calibre 38. Ao lado do corpo de Valdinei havia uma outra arma.

Investigação

O caso está sendo investigado pelo 7.º Distrito Policial (Vila Hauer). Nos próximos dias, a delegada Vanessa Alice deverá ouvir familiares de Valdinei e a vítima que reagiu ao assalto, para apurar maiores detalhes do que aconteceu. A polícia está trabalhando para identificar e prender os outros dois comparsas do jovem que conseguiram escapar.