Mesmo sem reagir a um assalto, a vendedora de roupas Cristina Martins, 29 anos, foi ferida com um tiro no peito, às 15h de ontem, na Barreirinha. Ela foi conduzida ao Hospital Cajuru, medicada e internada, mas não corre risco de vida.

Segundo informações de familiares da vítima, ela caminhava pela linha do trem , próximo a uma fábrica de detergentes, quando foi abordada por quatro rapazes, aparentando ser menores de idade. Armados de revólveres, eles anunciaram o roubo e pediram a bolsa da vendedora, contendo documentos e R$ 100,00. Ela obedeceu a ordem e não esboçou nenhuma reação, mas antes de sair um dos assaltantes atirou, acertando seu ombro. O caso foi atendido por policiais militares e deverá ser investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos.

Arrombador

Quase que por acaso, soldados do Regimento de Polícia Montada prenderam segunda-feira um homem acusado de arrombamento. Lindomar Medeiros Lopes, 28 anos, pedreiro, foi detido dentro de um táxi, no final da madrugada, com equipamentos de informática avaliados em R$ 10 mil, pertencentes a uma loja localizada no Alto da Glória. A polícia procurava ladrões de carro quando surpreendeu o homem.

Sabendo que um táxi havia sido roubado de madrugada, o RPMont desconfiou do Santana prefixo 1515 e fez a abordagem na Avenida Comendador Franco, Jardim Botânico. O motorista mostrou os documentos normalmente e foi liberado, mas o microcomputador, o monitor com tela de cristal líquido, o notebook e a impressora a laser em poder do passageiro causaram suspeitas nos policiais. Lindomar foi interrogado e confessou que o equipamento havia sido furtado da Teletex Computadores e Sistemas Limitada, na Rua Agostinho Leão Júnior, Alto da Glória. Para a PM, o detido disse ter escalado o prédio, entrado pelo telhado e desligado o sistema de segurança. Ele foi conduzido pela equipe policial até o endereço citado, onde a polícia constatou que algumas telhas foram removidas para que a loja fosse invadida através do sótão. Segundo proprietário da loja, Ruy, 48 anos, o sistema de alarme foi desativado pelo arrombador.

Lindomar foi encaminhado ao 4.º Distrito Policial e indiciado por furto.