Carlos: usuário compulsivo.

Portando 40 gramas de crack, Carlos Queiroz Pereira, mais conhecido como “Trouxa”, 29 anos, foi preso por policiais do 12.º Distrito Policial (Santa Felicidade). Além da droga, a polícia apreendeu na casa de Carlos vários objetos furtados e roubados. O acusado alega que é viciado e garante que iria consumir toda a droga.

O delegado Gil Rocha Tesserolli informou que Carlos já estava sendo investigado e foi solicitado à Justiça um mandado de busca e apreensão. De posse do documento, os policiais foram até a casa dele, na Rua Terra Boa, Jardim Itália, e encontraram a droga. “Na verdade estávamos investigando um furto e apuramos que o material havia sido trocado por droga, com um traficante da região”, salientou.

Carlos nega qualquer envolvimento no comércio de entorpecentes. “Eu sou viciado compulsivo. Iria fumar todo este crack”, justificou.