Três rapazes, moradores na mesma rua do Sítio Cercado, são suspeitos de planejar o assalto contra uma loja de eletrodomésticos na Cidade Industrial. O plano deu errado e o trio foi parar atrás das grades, na manhã de ontem. De acordo com a polícia, Jonathan Luiz da Rocha, 20 anos, que trabalhava em outra unidade da rede Multiloja, informou aos colegas Lucas Pereira e Wilton Lima de Medeiros, ambos com 19 anos, que todo o lucro da rede referente à promoção “Black Friday”, realizada pelo comércio na sexta-feira, estava no cofre da loja da CIC.

 

Eram quase 9h da manhã quando Lucas e Wilton, armados com um revólver 38 e uma pistola 380, renderam os funcionários que abriam o estabelecimento. Eles queriam acesso ao cofre, entretanto o servidor que tinha a chave se trancou em uma sala e avisou a polícia. Com a tentativa de roubar o dinheiro frustrada, a dupla pegou notebooks e outros produtos. Na porta para sair, ambos tiveram que levantar as mãos e se render à polícia. Eles alegaram ter recebido informações privilegiadas de Jonathan, que foi preso na sequência e, segundo a polícia, confessou participação no crime.

 

Autuação

Os três amigos foram levados ao 11.º Distrito Policial (CIC), onde foram autuados em flagrante. Lucas e Wilton já eram conhecidos dos policiais, por participação em outros crimes. Jonathan, porém, tinha a ficha limpa.