Adilson e Sérgio, flagrante
por seqüestro no centro.

Em plena Avenida Visconde de Guarapuava, às 19h30 de quinta-feira, duas mulheres foram seqüestradas por três bandidos, quando saíam de uma agência bancária. Elas ficaram cerca de uma hora e meia rodando com os marginais e foram abandonadas em Colombo, próximo à empresa Embrapa. Logo depois, Sérgio das Chagas Silva, 19 anos; Adilson de Lima Cordeiro, da mesma idade, e um menor, 17, foram presos quando ainda usavam o Clio, placa AGE-8547, pertencente a uma das vítimas.

Os três assumiram o crime, porém o adolescente disse ser ele quem estava de posse do revólver, calibre 38. “Fui eu quem enquadro?? as vítimas”, afirmou. Ele já tem passagem por furto, delito pelo qual ficou detido uma semana. Todos alegaram que precisavam de dinheiro para comprar roupas e coisas para casa. Eles foram encaminhados à delegacia do Alto Maracanã, por policiais militares do serviço reservado do Comando de Policiamento da Capital.

O superintendente Job de Freitas, da Delegacia do Alto Maracanã, informou que Sérgio e Adilson foram autuados em flagrante e permanecerão recolhidos no xadrez. O menor foi encaminhado à Vara da Infância e da Juventude de Colombo. Job disse que as investigações continuam no sentido de apurar outros crimes cometidos pelo trio. Ele solicitou às pessoas que reconhecerem Sérgio e Adilson, que entrem em contato com a delegacia através do telefone 666-6990.

Terror

As amigas Renata, 32, e Angelita, 31, saíram do caixa eletrônico e foram abordadas. Elas relataram ter sido ameaçadas de morte caso não seguissem as orientações dos assaltantes. Com o veículo, foram obrigadas a ir até outro caixa eletrônico, no Cabral, e de lá seguiram para Colombo. O carro era conduzido por um dos assaltantes que, conforme contaram as vítimas, pouco caso fazia de radares, lombadas eletrônicas e semáforos. “Ele dirigia em alta velocidade”, comentaram.

Ao chegar em um local semideserto, as amigas foram obrigadas a descer do Clio. “Eles disseram que voltariam em 45 minutos para devolver o carro”, contaram. As mulheres pediram ajuda e foram socorridas pelo sargento Leandro, do 17.º Batalhão da PM, em uma rua vicinal à Estrada da Ribeira.

Enquanto isso, o aviso de roubo já havia sido dado à polícia e aos PMs do serviço reservado que patrulhavam a região de Colombo. O carro foi localizado na Rua Cascavel, Guaraituba. “Quando viram que estavam prestes a ser abordados, eles abandonaram o carro e dois tentaram fugir a pé”, relatou um dos policiais que atendeu a ocorrência. Houve resistência e os dois maiores foram presos após luta corporal, de acordo com o que foi informado pelos PMs.