Foto: Átila Alberti

?Véio? foi morto à faca por ?Cabelo?.

Um triângulo amoroso terminou de forma trágica, no início da tarde de ontem, na Rua Josefina Zaneir, na Vila das Torres, em Curitiba. Após diversas brigas por causa de uma mulher chamada Luciana, Reinaldo Goldin Moreira, o ?Cabelo?, 40 anos, e outro homem conhecido apenas pelo apelido de ?Véio? foram mortos. ?Véio? foi assassinado com um golpe de faca no coração e ?Cabelo? com um tiro na cabeça. O disparo teria sido efetuado por um terceira pessoa, que a polícia trabalha para identificar.

Moradores da Vila das Torres contaram que Luciana era amasiada com ?Cabelo?, com quem conviveu durante três meses. Há 30 dias, ela o deixou para morar com ?Véio? e há poucos dias teria decidido deixar ?Véio? para reatar com ?Cabelo?. Porém, devido à confusão amorosa, Luciana estava morando num depósito de papéis, sozinha.

Às 13h30 de ontem, os dois homens se encontraram em frente ao depósito, onde teriam ido procurar Luciana. Após discutirem, ?Cabelo? teria sacado uma faca e desferido um único golpe no coração de ?Véio?. Gravemente ferido, ?Véio? ainda correu por aproximadamente 200 metros. ?Cabelo? correu em sentido contrário, mas cruzou com o assassino que lhe desferiu pauladas na cabeça e depois um único tiro, também na cabeça. Ferido, o homem caiu no barranco e por pouco não foi parar dentro do Rio Belém.

O perito Silvestre Ornelas, da Polícia Científica, informou que a primeira versão apresentada no local de que uma vítima teria assassinado a outra, não é compatível com o cenário criminoso. ?Não foram encontradas nem a faca nem o revólver. Pela análise do local, uma terceira pessoa atirou contra uma das vítimas?, disse o perito.