Fusca tinha acabado de sair da oficina.

Dois acidentes de trânsito ocorridos ontem, mataram duas pessoas, em Colombo. O primeiro ocorreu ao meio-dia, quando o Fusca, ano 61, placa AGP-4305, recém-saído da oficina, capotou na Avenida Santos Dumont, São Gabriel. O motorista de ônibus Divonsir Faria dos Santos foi lançado para fora do carro e morreu na hora.

O seu irmão mais velho, Carlos Alberto dos Santos, segurou-se firme e conseguiu permanecer no veículo. Saiu apenas com arranhões nas costas e contou que o Fusca, placa AGP-4305, de Colombo, acabara de sair da oficina. Divonsir quis experimentá-lo antes de pagar pelo conserto e capotou, sem envolver outro veículo, numa das curvas da avenida.

A vítima morava na Travessa São Gabriel, a cerca de um quilômetro do local do acidente, e era motorista da empresa de transporte coletivo Redentor.

Outro

Já no meio da tarde, uma colisão envolvendo a motocicleta Honda, placa ADP-9053, e um ônibus que faz a linha Jardim Guaraituba, resultou na morte do condutor da moto Dirceu Francisco da Silva, 20 anos. O acidente ocorreu por volta das 16h20 na esquina das ruas Astorga com Campo Mourão, no Jardim Guaraituba.

De acordo com levantamento realizado pelo investigador Nogueira, da delegacia de Alto Maracanã, a motocicleta transitava pela Rua Campo Mourão e não conseguiu parar no cruzamento, batendo no rodado traseiro do coletivo, que seguia pela outra rua, via preferencial. Essa é a mesma versão apresentada pelo condutor do ônibus, Ambrósio Lúcio de Almeida, 49 anos. O condutor da moto teve morte instantânea devido a intensidade da pancada.