A Força Samurai da Polícia Militar apoiou a Polícia Federal de São Paulo na prisão de um suspeito de tráfico internacional de drogas. Maurício Uemura, 33 anos, paulista, morador de Curitiba, foi preso, na tarde de quinta-feira (27), com 24 mil pontos de LSD e 1 quilo de cocaína, em São Paulo (capital). Maurício, de acordo com informações da PM, distribuía drogas no Paraná e é ligado a uma quadrilha internacional da Holanda.

O detido já tem antecedentes por tráfico de drogas, roubo, receptação e porte ilegal de armas. “O motivo que levou a atuação da Samurai no estado vizinho, em apoio à Polícia Federal, é porque Maurício agia em Curitiba”, disse um integrante da Força Samurai. A prisão ocorreu depois de coleta de informações, realizada pelo serviço reservado da Força Samurai, durante cerca de sete meses. Esses dados foram cruzados com outros, obtidos em São Paulo.

Maurício, que reside em Curitiba desde janeiro, se deslocaria para São Paulo a fim de receber uma encomenda, que chegaria da Holanda. “A informação confirmou-se e ele foi preso em flagrante, em frente a uma transportadora internacional, quando recebia uma carga de livros, que abrigavam os pontos de LSD”, disse.

Depois, a polícia seguiu para o endereço da família dele em Cotia (SP) e encontrou dois comprimidos de ecstasy, juntamente com a cocaína, preparada em cápsulas que seriam engolidas e levadas à Amsterdã, além de uma passagem para a Itália. “O bilhete aéreo seria destinado a um curitibano que iria engolir as cápsulas e levar para a Holanda, porém Maurício seguiria para Itália”, disse.

De acordo com relato do policial da Força Samurai, Maurício vendia drogas nos bairro Portão e no centro de Curitiba e nas cidades de Cotia e São Paulo. “Maurício recrutava curitibanos para levar cocaína no Estômago para a Europa e Ásia porque lá esta droga é muito cara.”

O detido e as drogas foram encaminhadas à unidade da Polícia Federal de São Paulo, onde Maurício foi autuado em flagrante por tráfico internacional de drogas.