Preso na tarde de terça-feira por policiais federais e autuado em flagrante por tráfico de drogas, o estudante Ronaldo Bezerra de Almeida, 26 anos, fugiu da sede da Superintendência da Polícia Federal, na Rua Ubaldino do Amaral, às 21h30 do mesmo dia.

De acordo com informações da Polícia Federal, Ronaldo estava algemado. Ele pediu para ir ao banheiro e escapou pela ventarola. “A prisão dele já foi expedida pela Justiça. Estamos trabalhando para prendê-lo. Também será instaurado processo disciplinar para apurar se houve negligência ou imprudência dos agentes da Polícia Federal”, afirmou Arthur Almeida, assessor de imprensa.

Prisão

Após investigações, agentes da polícia federal apreenderam, às 16h de terça-feira, na BR-116, próximo ao viaduto do Tarumã, 56 quilos de maconha e 40 frascos de lança-perfume, além de dois veículos, um Logus e um Passat.

A droga estava em poder de um menor, 16 anos, residente em Foz do Iguaçu. O garoto foi até o local de táxi para entregar a “encomenda” para o estudante Ronaldo Bezerra de Almeida, 26, e para o borracheiro Nilton Alves Valente, 33, que é condenado por latrocínio (roubo seguido de morte) e estava em liberdade condicional.

De acordo com a Polícia Federal, o garoto recebeu R$ 300,00 para trazer a droga de Foz do Iguaçu para Curitiba. Depois a maconha e os frascos de lança-perfume seriam levados para Brasília.