Pelo menos cinco nomes diferentes eram usados por Gersi de Lima, 51 anos, para aplicar golpes no comércio, com documentos falsos e cartões de crédito clonados. Na tarde de terça-feira (04), policiais da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC) deram um basta às tramoias da mulher, que acabou presa no Alto Boqueirão.

Gersi foi detida durante investigações da delegacia, sob a coordenação do delegado Alcimar de Almeida Garrett, que apurava crimes de clonagem de cartões de crédito e golpes com documentos falsos. Conforme a polícia, com ela foram apreendidos vários documentos, entre eles quatro RGs falsos, todos com sua fotografia. A mulher, que contava com um mandado de prisão em aberto, foi autuada em flagrante pelo delegado Vinicius José Borges Martins por uso de documento falso.