O jovem Giovani Taborda de Lima, 21 anos, perdeu a vida próximo de um clube dançante, na Linha Verde, no Pinheirinho, na madrugada de ontem. Ele foi assassinado com um tiro na nuca, após uma confusão. Policiais militares perceberam que, do outro lado da Linha Verde, havia um adolescente, de 14 anos, ferido por tiros. Ele confirmou que atirou na vítima com um revólver calibre 38, de acordo com o delegado Rubens Recalcatti, da Delegacia de Homicídios.

O adolescente estava ferido no quadril, mas sem gravidade, e disse não saber de onde partiu o disparo que o atingiu. O suspeito foi apreendido e encaminhado à Delegacia do Adolescente. Depois disto, os policiais militares abordaram um Chevette, no qual havia mais uma pessoa e outro adolescente. Os dois ocupantes do carro e o adolescente ferido seriam moradores de uma área de invasão, no Caximba, e estariam juntos na hora do crime. “Dentro do carro foi encontrado outro revólver calibre 38. Os dois que estavam no carro devem ter fugido e o adolescente ferido pode não ter conseguido seguir com eles”, comentou Recalcatti. Os três foram detidos.