O corpo de João Costa de Meira Júnior, o “Pica-Pau”, de 22 anos, foi encontrado às 6h45 de ontem, de joelhos, na Avenida do Canal, na favela do Parolin, em Curitiba. O rapaz foi executado com um único tiro na cabeça, em frente ao número 263.

De acordo com a Polícia Científica, a morte ocorreu durante a madrugada. Moradores que foram ver o cadáver comentaram que Pica-Pau era usuário de drogas e foi morto porque estava devendo para traficantes. O autor seria um homem conhecido como “Susto”, também morador da favela.

O superintendente Neimir Cristóvão disse que a equipe da Delegacia de Homicídios (DH) trabalha na identificação de Susto, mas ainda aguarda a possível apresentação do acusado nas próximas horas.