O Procon-PR confirmou ontem que já são 245 as denúncias registradas contra a agência de modelos infantil-juvenil Talentos Brilhantes, que funcionava em Curitiba e fechou as portas em dezembro. O motivo das reclamações é o descumprimento de contratos por parte da empresa, que parou de funcionar sem avisar os clientes. A matriz fica em São Paulo.

As denúncias estão sendo feitas desde janeiro de 2003 e, nos últimos dois meses aconteceram com mais freqüência. Os lesados pela empresa esperam alguma solução. A agência Talentos Brilhantes ficou muito tempo na cidade selecionando crianças para trabalhar em novelas e propagandas. Várias vezes filas foram formadas em frente ao local para realização de testes.

Para cadastrar a criança na agência os pais pagavam uma quantia destinada para a confecção de álbum de fotos, vídeos e encaminhamentos para o mercado de trabalho. Mas nada disso aconteceu e vários pais recorreram ao Procon e formularam as denúncias.

O Procon afirmou ainda que algumas pessoas chegaram a gastar R$ 3 mil para realizar o agenciamento da criança. A advogada do Procon-PR, Elizandra Pareja, afirmou que processos administrativos estão sendo instaurados contra a empresa de São Paulo e notificações também já foram enviadas aos responsáveis.

A empresa

O departamento de relações públicas da empresa explicou que providências estão sendo tomadas para que esses problemas sejam resolvidos. A matriz rompeu o contrato com a representante curitibana e abrirá em novo endereço, com a presença de novos funcionários. Essa nova franquia de Curitiba está realizando alterações na parte administrativa e de marketing.